Brasil deve estocar equipamentos e preparar população para nova quarentena, diz Miguel Nicolelis

Para o cientista, País precisa se antecipar à segunda onda e informar à população sobre a hipótese de retomada das restrições mais duras

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Jornal GGN – O neurocientista Miguel Nicolelis, coordenador do Comitê Científico do Consórcio Nordeste, afirmou em entrevista ao Globo desta terça (20) que o Brasil deve se antecipar à segunda onda do novo coronavírus, começando a estocar medicamentos, EPIs (equipamentos de proteção individual), testes e outros insumos necessários ao enfrentamento da pandemia.

Para o cientista, também está na hora de preparar a população para a possibilidade da retomada das restrições sociais mais rígidas, como o fechamento dos serviços não essenciais.

“Temos que nos preparar agora. Isso significa pensar em fechar o espaço aéreo brasileiro, reabastecer de máscaras, testes, EPIs, medicamentos. Tudo que faltou no primeiro momento da nossa crise. E tem que preparar a população para a possibilidade de retorno de restrições mais rígidas como está acontecendo na França, Alemanha e Portugal”, disse.

Leia a íntegra no Jornal GGN.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247