Brasil supera 850 mil casos de Covid-19 e chega a 42.720 mortes

Segundo Ministério da Saúde, o Brasil registrou mais 21.704 casos confirmados do novo coronavírus nas últimas 24 horas e atingiu neste sábado um total de 850.514 infecções, além de somar mais 892 mortes e chegar a 42.720 óbitos provocados pela Covid-19

Cemitério Nossa Senhora Aparecida – Manaus
Cemitério Nossa Senhora Aparecida – Manaus (Foto: Marcio James / Semcom)
Siga o Brasil 247 no Google News

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil registrou mais 21.704 casos confirmados do novo coronavírus nas últimas 24 horas e atingiu neste sábado um total de 850.514 infecções, além de somar mais 892 mortes e chegar a 42.720 óbitos provocados pela Covid-19, informou o Ministério da Saúde.

O Brasil é o segundo país do mundo mais atingido pela pandemia, atrás apenas dos Estados Unidos. No entanto, atualmente é a nação que registra o maior avanço da Covid-19, uma vez que os EUA têm registrado diariamente menos mortes em decorrência da doença nas últimas semanas.

Apesar do crescimento de casos e de mortes, diversos governos estaduais começaram a flexibilizar as medidas de distanciamento social decretadas para tentar conter o avanço da doença, incluindo a reabertura de comércios e de shoppings. Especialistas alertam que essa reabertura antes de o surto chegar ao pico pode resultar em um agravamento da situação.

PUBLICIDADE

O Ministério da Saúde voltou a divulgar os números consolidados de casos e mortes da pandemia no país na terça-feira, após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). A pasta havia reduzido a divulgação das informações no fim da semana passada, o que levou a acusações de que o governo estaria tentando esconder dados.

São Paulo é o Estado com o maior número de mortes e de casos confirmados do coronavírus no Brasil, com 167.900 infecções e 13.367 óbitos, seguido pelo Rio de Janeiro, com 77.784 casos confirmados e 7.417 mortes, de acordo com os dados deste sábado do ministério.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email