Butantã informa que Ministério da Saúde vai assinar contrato para a compra de 54 milhões de doses da Coronavac

Dimas Covas, presidente do Instituto Butantã, afirmou que o governo federal vai assinar na próxima terça-feira um contrato para a compra do imunizante

Dimas Covas
Dimas Covas (Foto: GOVSP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (29), em São Paulo, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, informou que o Ministério da Saúde vai assinar na terça-feira (2) umn contrato para a compra de mais 54 milhões de doses da Coronavac.

A informação acontece dias depois do institudo cobrar posicionamento do governo federal e afirmar que iria exportar as  54 milhões de doses da CoronaVac, desenvolvida pela chinesa Sinovac em parceria com a instituição, caso o governo não manifestasse interesse na compra do imunizante.

Os governadores também haviam pedido posicionamento do Ministério da Saúde para a compra do imunizante. “Solicito ao Governo Federal celebração de contrato de compra firme do total de vacinas produzidas pelo Instituto Butantan, assim como o estabelecimento de acordo visando à apresentação do cronograma para a entrega das próximas doses, o que possibilitaria aos estados e municípios maior capacidade de planejamento na vacinação”, disse o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), em ofício.

Mesmo com a resposta positiva do ministério, Dimas Covas afirmou ainda que há doses extras para exportação. De acordo com ele, essas unidades fazem parte de um quantitativo negociado pelo laboratório chinês Sinovac e há 500 mil doses reservadas para esses países.

O governo federal contratou 46 milhões de doses para serem entregues até abril. Desse total, já foram encaminhadas ao governo 8,6 milhões de unidades.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email