EUA compram todas as doses de vacina contra Covid-19 da Pfizer e BioNTech

No contrato firmado nesta quarta-feira, 22, os EUA garantiram 100 milhões de doses para 2020. O acordo ainda prevê entrega de até 600 milhões de doses aos EUA ao longo do ano seguinte

Presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca 20/07/2020
Presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca 20/07/2020 (Foto: REUTERS/Leah Millis)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os Estados Unidos compraram todas as doses da vacina contra o coronavírus produzidas pelas farmacêuticas Pfizer e BioNTech. No contrato firmado nesta quarta-feira, 22, os EUA garantiram 100 milhões de doses para 2020. Segundo as empresas, eles não conseguirão produzir mais que isso neste ano. O acordo ainda prevê entrega de até 600 milhões de doses aos EUA ao longo do ano seguinte.

"Estamos satisfeitos por termos assinado este importante acordo com o governo dos EUA para fornecer as 100 milhões de doses iniciais após a aprovação pelo FDA", disse o CEO da BioNTech, Ugur Sahin. 

Na segunda-feira, 20, Pfizer e BioNTech anunciaram resultados positivos nos estudos da vacina experimental que desenvolvem juntas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta terça-feira (21) testes em humanos no Brasil das vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas pela farmacêutica norte-americana Pfizer e pela empresa de biotecnologia alemã Biontech.

Com mais estas duas substâncias, o Brasil terá, no total, quatro vacinas em fases de testes no País, juntamente com a desenvolvida ela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford (Reino Unido) e com a do laboratório chinês Sinovac Biotech, que iniciou os testes nesta terça-feira.
 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247