Eurico Arruda: "90% das pessoas nas UTIs são negacionistas e antivacina"

Segundo o virologista, “a não vacinação é a grande causa da continuidade da pandemia”. Assista na TV 247

www.brasil247.com -
(Foto: ABr | USP)


247 - O virologista Eurico Arruda, coordenador do Laboratório de Patogênese Viral da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto (FMRP-USP), disse à TV 247 que 90% dos internados em UTI com Covid–19 se recusaram a tomar a vacina.

“Das pessoas internadas com Covid no país hoje, 60% a 70% tomaram uma dose de vacina ou nenhuma. Nas UTIs, 90% não tomaram vacina, são negacionistas e antivacina. A situação ainda é grave, apesar do avanço da vacinação”, relata.

Segundo Arruda, “a não vacinação é a grande causa da continuidade da pandemia”. Se o cenário fosse o contrário - com 100% da população mundial vacinada - novas variantes do coronavírus não surgiriam e a vida normal já poderia até ter sido retomada. “Se toda a população do planeta tivesse tomado duas doses de vacina, a variante ômicron não teria se desenvolvido. Ela se desenvolveu porque uma boa parte do planeta não está vacinada. Enquanto em vários países já estamos na terceira dose, em outros, como na Etiópia, as pessoas não tomaram uma dose sequer. Enquanto for assim haverá novas variantes. A situação no Brasil, infelizmente, é ruim deste ponto de vista. Estima-se que 30% de brasileiros, 60 milhões de pessoas, não tomaram nenhuma ou apenas uma dose da vacina. Isso mantém o vírus circulando e desenvolvendo novas variantes”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email