Europa aumenta restrições para conter segunda onda de Covid-19

Países europeus aumentam restrições para tentar conter segunda onda da pandemia no continente, que continua batendo recordes de contaminação

(Foto: MANUEL SILVESTRI/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Grécia, França, Inglaterra, Irlanda, Portugal, Espanha, Alemanha, Polônia e Itália estão adotando medidas restritivas no empenho para impedir uma proliferação ainda maior da Covid-19 no continente. 

De acordo com uma contagem feita pela AFP a partir de fontes oficiais, a pandemia matou mais de 300.000 pessoas no continente europeu, em mais de 12 milhões de infecções. É a segunda região com mais óbitos do mundo, atrás da América Latina e do Caribe (mais de 410.000 mortes).

Novas restrições entraram em vigor neste sábado também na Polônia. Na Alemanha, milhares de opositores ao uso da máscara e às novas medidas restritivas se reunirão esta tarde em Leipzig. A polícia mobilizou um importante dispositivo por medo de possíveis excessos, enquanto contra manifestantes também planejam se mobilizar.

Na sexta-feira, foi a Itália que confinou 16 milhões de habitantes nas quatro regiões mais gravemente afetadas pela epidemia. Toda a península está sob toque de recolher entre 22h00 e 5h00.

A Covid-19 já matou pelo menos 1.243.513 pessoas em todo o mundo e oficialmente infectou mais de 49,3 milhões de pessoas desde o início da pandemia, de acordo com contagem da AFP no sábado a partir de fontes oficiais.

Informações do UOL

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247