Governadores querem criar consórcio para distribuir a CoronaVac, prevendo guerra de Bolsonaro contra a vacina

Governadores estudam formar um consórcio de estados para garantir a distribuição da CoronaVac no país, caso o governo resista a fornecer o imunizante pelo SUS e crie uma narrativa política contra a vacina chinesa

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - Os governadores avaliam formar um consórcio de estados para garantir a distribuição da CoronaVac no país, caso o governo resista a fornecer o imunizante pelo SUS. A informação é do portal Veja. 

A produção da CoronaVac no Brasil é uma parceria entre a fabricante chinesa e o governo de São Paulo. A fase de testes termina dia 15 e será a primeira vacina que a chegar ao Brasil.

Segundo a reportagem, os governadores desconfiam da lentidão de Bolsonaro para criar a parceria com o governo de São Paulo na distribuição da vacina.  Apenas na última quinta-feira (10), o ministro da Saúde Eduardo Pazuello entrou em contato com o governo paulista para dialogar a respeito de parcerias. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os governadores desconfiam que Jair Bolsonaro pretende criar uma disputa de narrativa sobre a distribuição da vacina chinesa e estudam estratégias para garantir a vacina para a população, como a formação do consórcio. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

.  “Se Bolsonaro acha que transformará a vacina em uma guerra política, está muito enganado. Se o governo não fornecer a vacina pelo SUS aos estados, nós o faremos. Não vamos deixar a população sem vacina por causa de questões políticas”, disse um governador que não teve sua identidade revelada à reportagem. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email