Índia prorroga quarentena de quase 1,4 bilhão de pessoas contra o coronavírus

A extensão do regime de isolamento social foi decidida após uma reunião com os principais ministros dos estados e territórios da Índia

(Foto: Reuters/Sivaram V)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, decidiu neste sábado (11) estender a quarentena contra a COVID-19 na Índia.

A extensão do regime de isolamento social imposto a quase 1,4 bilhão de pessoas foi decidida após uma reunião com os principais ministros dos estados e territórios da Índia, disse o ministro-chefe indiano, Arvind Kejriwal.

O primeiro-ministro tomou a decisão correta de estender o bloqueio. Hoje, a posição da Índia é melhor do que muitos países desenvolvidos porque iniciamos o bloqueio mais cedo. Se for interrompido agora, todos os ganhos serão perdidos.

O bloqueio inicial estava programado para durar até 14 de abril, mas o número de casos de coronavírus no país continuou aumentando. Mais de mil novos casos foram confirmados neste sábado.

O primeiro-ministro Narendra Modi deve realizar um comunicado ao país ainda neste sábado para descrever os termos do bloqueio prolongado.

A Índia tem hoje um total de 7,6 mil casos da COVID-19, com quase 250 mortes registradas no país.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247