Ministério da Saúde assume distribuição da CoronaVac e Butantan deve cancelar acordo com mais de 180 cidades

Todas as doses serão entregues ao ministério da Saúde assim que a Anvisa liberar o uso emergencial da vacina

(Foto: Divulgação/Governo de São Paulo | Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Instituto Butantan deve anunciar na próxima segunda-feira (18) que todos os 180 acordos de fornecimento da CoronaVac para cidades serão cancelados.

Todas as doses serão entregues ao ministério da Saúde assim que a Anvisa liberar o uso emergencial da vacina, explicou Dimas Covas, presidente do instituto, conforme reportado na CNN Brasil.

Dimas acrescentou que o acordo com a pasta sempre foi prioritário: "O critério é populacional. Todos os estados vão receber da mesma maneira. O acordo com os municípios era para o caso de o Ministério se recusar a comprar a vacina, mas como firmamos a parceria isso não vai acontecer".

O acordo de fornecimento de 46 milhões de doses da CoronaVac para a pasta foi firmado no último dia 7. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247