Ministério da Saúde projeta que casos de coronavírus vão acelerar em maio e reitera orientação do isolamento social

O Ministério da Saúde estima que o Brasil entrará dentro de um mês na fase de aceleração descontrolada de casos de coronavírus. A orientação da pasta continua sendo distanciamento social amplo

Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde
Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde (Foto: Isac Nbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Ministério da Saúde prevê que o Brasil entre daqui um mês na fase de aceleração descontrolada de casos do novo coronavírus. Segundo projeção apresentada nesta terça-feira (7), o início desta etapa está previsto para a 19ª semana do ano, ou seja, entre 4 e 10 de maio. 

A quantidade de casos da doença covid-19 deve começar a desacelerar a partir de meados de junho, na 25ª semana.

De acordo com o ministério, caso seja adotado o distanciamento seletivo, como quer Jair Bolsonaro, a contaminação será ainda maior. Por isso, o ministério defende o distanciamento social mais amplo, que, embora não impeça a transmissão da doença, evita que o sistema de saúde entre colapso.

Ainda de acordo com o MInistério da Saúde, o pico de casos ocorrerá em junho, mas o nível desse pico depende do tipo de isolamento social a ser adotado pelo país para conter a pandemia, informa o UOL

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email