OMS não recomenda que vacina contra covid-19 seja obrigatória

A vice-diretora da entidade, Mariângela Simão, disse que é contra "medidas autoritárias" nesse sentido

Caixas com potencial vacina da chinesa Sinovac contra Covid-19 em Pequim. 24/09/2020
Caixas com potencial vacina da chinesa Sinovac contra Covid-19 em Pequim. 24/09/2020 (Foto: REUTERS/Thomas Peter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomenda que a aplicação de vacinas contra covid-19 seja obrigatória em qualquer país. A vice-diretora da entidade, Mariângela Simão, disse que é contra "medidas autoritárias" nesse sentido. A informação é do portal UOL. 

"A OMS defende que isso é para cada país decidir. Mas em uma situação que você está falando com adultos, que têm capacidade de discernimento para fazer escolhas informadas, não se recomenda medidas autoritárias. Até porque é difícil fiscalizar. Vai depender da situação interna de cada país, mas é de difícil implementação", analisou Mariângela Simão, em entrevista à CNN Brasil.

Inscreva-se na TV 247 e assista a boletim sobre o assunto:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247