OMS: surto do coronavírus está piorando no mundo

De acordo com o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, "embora a situação da Europa esteja melhorando", a alta de casos em países como o Brasil, México e Peru fez com que a situação global piorasse

(Foto: REUTERS/Denis Balibouse)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, afirmou que o surto de coronavírus está piorando no mundo. De acordo com o dirigente, "embora a situação da Europa esteja melhorando", a alta de casos em países como o Brasil, México e Peru fez com que a situação global piorasse.

"No domingo, mais de 136 mil casos foram reportados. O máximo registrado em um único dia", afirmou Adhanom durante uma entrevista em videochamada, em Genebra. "Embora a situação na Europa esteja melhorando, globalmente está piorando".

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, quase 10% da população mundial já foi infectada. 

O chefe da OMS citou os protestos contra o racismo em nível global e voltou a pedir que as pessoas pratiquem o distanciamento social.

"Continuamos a pedir a vigilância ativa para garantir que o vírus não se recupere, especialmente, porque reuniões de todos os tipos estão começando a recomeçar em alguns países", disse 

"A OMS apoia plenamente a igualdade e o movimento global contra o racismo. Rejeitamos todos os tipos de discriminação. Encorajamos todos os que protestam em todo mundo a fazê-lo com segurança", acrescentou.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247