Osmar Terra, cotado para o lugar de Mandetta, escreve que quarentena aumenta casos de coronavírus e é punido pelo Twitter

Osmar Terra, o preferido de Jair Bolsonaro para o Ministério da Saúde escreveu post neste sábado afirmando que "a quarentena aumenta o número de casos do coronavírus". Foi punido pelo Twittter

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Twitter incluiu um aviso de sanção em um post publicado pelo deputado federal Osmar Terra neste sábado (4). O post dizia que "a quarentena aumenta o número de casos do coronavírus". A informação é contrária ao posicionamento do Ministério da Saúde e também da Organização Mundial da Saúde (OMS). Terra é o preferido de Jair Bolsonaro para ocupar o Ministério da Saúde, como eventual substituto de Luiz Henrique Mandetta.

osmar-terra

Em nota, o Twitter diz que "anunciou recentemente em todo o mundo a expansão de suas regras para abranger conteúdos que forem eventualmente contra informações de saúde pública orientadas por fontes oficiais e possam colocar as pessoas em maior risco de transmitir Covid-19."

"Entre as medidas que podemos tomar em caso de violação a essas regras está a aplicação do aviso de interesse público nos casos em que líderes violam nossas diretrizes específicas para Covid-19. À medida que a pandemia evolui, queremos garantir que estamos usando nosso aviso para manter um registro público, oferecendo às pessoas mais contexto sobre o que seus líderes estão dizendo e garantindo que eles sejam capazes de se responsabilizar por seus comportamentos."

Jair Bolsonaro também publicou informações que feriram as regras do Twitter. No último domingo (29), o Twitter excluiu dois posts do presidente. Nesta sexta-feira (3), publicações do pastor Silas Malafaia também foram retiradas do ar.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email