Presidente da Associação Médica Mundial teme surgimento de variante do coronavírus 'tão perigosa quanto o ebola'

“Minha grande preocupação é que possa surgir uma variante tão infecciosa quanto a delta e tão perigosa quanto o ebola", alerta o presidente da Associação Médica Mundial (WMA, na sigla em inglês), Frank Ulrich Montgomery

www.brasil247.com - 19/11/2020
REUTERS/Diego Vara
19/11/2020 REUTERS/Diego Vara (Foto: Diego Vara/Reuters)


Sputnik - No mundo podem surgir mutações tão perigosas quanto o vírus ebola, aponta o presidente da Associação Médica Mundial (WMA, na sigla em inglês), Frank Ulrich Montgomery.

Montgomery alerta para a possibilidade de surgimento de uma supervariante de coronavírus.

“Minha grande preocupação é que possa surgir uma variante tão infecciosa quanto a delta e tão perigosa quanto o ebola”, disse ele em entrevista ao grupo de mídia Funke.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por enquanto, não há informações precisas sobre os riscos da mutação Ômicron, mas aparentemente ela se propaga muito rapidamente, observou Montgomery, ressaltando que no início da pandemia, o mundo subestimou a sua magnitude.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Eu também pensei que era uma cepa de gripe. Mais tarde, decidimos que poderíamos conseguir chegar à imunidade de rebanho, mas depois veio a delta – uma variante altamente contagiosa", disse o presidente da WMA.

Propagação e combate à Covid-19

Com 50 mutações, OMS declara a B.1.1.529 como variante de preocupação e dá o nome de 'Ômicron'

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele não descartou a possibilidade de ser necessário realizar revacinação contra a COVID-19 anualmente.

A nova variante foi detectada pela primeira vez em 9 de novembro na África do Sul por meio de uma análise genética.

Muitos apontam para a sua alta transmissibilidade e resistência às vacinas: a variante recém-descoberta (B.1.1.529 ou Ômicron) tem mais mutações na proteína spike do que todas as outras variantes da COVID-19. Nesta sexta-feira (26), a OMS classificou-a como uma variante preocupante.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

 

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email