Primeira vítima de coronavírus na Bahia fez uso de cloroquina

A primeira vítima do coronavírus no Estado da Bahia utilizou a cloroquina por 5 dias antes de morrer. Ela ficou internada por 12 dias no Hospital da Bahia

www.brasil247.com -
(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A primeira vítima do novo coronavírus na Bahia foi tratada com cloroquina durante cinco dias antes do óbito. O homem de 74 anos ficou durante 12 dias internado no Hospital da Bahia.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que "a cloroquina ainda está em fase inicial de estudo. O Ministério da Saúde informou que se trata de medicamento auxiliar a ser dado apenas a pacientes em estado grave da doença. Médicos e especialistas afirmam que não existem evidências científicas de que o medicamento seja eficaz contra o novo coronavírus."

PUBLICIDADE

A matéria ainda acrescenta que "embora as pesquisas laboratoriais tenham mostrado bons resultados, ainda existem pelo menos outras três etapas: testes em camundongos, estudos em animais não roedores, como cães e macacos e, finalmente, estudos em humanos. Os testes em humanos se dividem em outras etapas até se descobrir o nível de toxicidade do remédio, interação com outros medicamentos e efeitos colaterais."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email