Professora diz que 'é de se esperar que São Paulo seja um dos focos da variante de Manaus'

“O mundo é muito conectado e já é grave o fato de encontrarmos em Manaus. São Paulo é a principal rota dos aviões que vêm de Manaus, então, é de se esperar que São Paulo seja um dos próximos focos da transmissão dessa variante”, disse a professora do Instituto de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da USP Ester Sabino

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A professora do Instituto de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da USP Ester Sabino afirmou, em entrevista à CNN, que é provável que a nova variante da Covid-19 se espalhe pela cidade de São Paulo, que confirmou o primeiro caso em paciente que não esteve em Manaus.

“O mundo é muito conectado e já é grave o fato de encontrarmos em Manaus. São Paulo é a principal rota dos aviões que vêm de Manaus, então, é de se esperar que São Paulo seja um dos próximos focos da transmissão dessa variante”, disse.

Ela ainda comentou as novas variantes da doença ao redor do mundo. “Os estudos ainda não terminaram com a linhagem do Brasil, mas o fato de ter as mesmas mutações sugere que a linhagem que apareceu em Manaus tenha um comportamento muito semelhante à da África do Sul”, analisou a professora, que afirmou já ser comprovado que as diversas variantes têm capacidade maior de transmissão.

“A linhagem da Inglaterra tem uma mutação que ajuda a ligar o vírus ao receptor. O receptor é onde ele se liga na célula. Isso aumenta a taxa de transmissão. Outras duas mutações que estão na linhagem da África do Sul já se mostraram efetivas em fazer com que o vírus escape dos anticorpos neutralizantes para a cepa anterior, causando reinfecção e aumentando a chance de escapar da resposta à vacina. Estas duas mutações também estão presentes na linhagem do Amazonas”, afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email