Puxado por EUA, mundo bate recorde de mortes por coronavírus

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, foram 17.186 óbitos em todo o planeta, número puxado pelos EUA, que registrou 4.327 óbitos

EUA puxam o novo recorde mortes da Covid-19 no mundo
EUA puxam o novo recorde mortes da Covid-19 no mundo (Foto: Brian Snyder/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O mundo registrou nessa terça-feira (12) um novo recorde de mortes por coronavírus. De acordo com a Universidade Johns Hopkins, foram 17.186 óbitos em todo o planeta, número puxado pelos Estados Unidos, que registrou 4.327 óbitos. Os recordes anteriores eram 15 mil no mundo (30 de dezembro) e 4.195 mortes nos EUA (7 de janeiro).

Foi o quarto recorde de vítimas da Covid-19 nos últimos oito dias nos EUA, que também confirmou mais de 215 mil novos casos (o recorde de 302 mil infectados foi registrado no dia 2).

Segundo o Our World in Data, ligado à Universidade de Oxford, os EUA são o país que mais aplicou vacinas em pessoas diagnosticadas pelo coronavírus no mundo (9,33 milhões de doses). Em seguida vêm China (9 milhões), Reino Unido (2,84 milhões) e Israel (1,93 milhões). Foram aplicadas quase 30 milhões de doses em todo o mundo, destacou o levantamento.

Em termos proporcionais, Israel é o país que mais aplicou doses em relação à população (22,3%). Em seguida estão Emirados Árabes Unidos (12,9%), Bahrein (5,7%) e Reino Unido (4,2%).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247