Sete capitais suspendem primeira dose da vacina contra a Covid-19

Capitais das cinco regiões do país suspenderam a aplicação de vacinas por falta de estoque e aguardam novas remessas do Ministério da Saúde

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Pelo menos sete capitais brasileiras suspenderam a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 por falta de estoque - Rio de Janeiro (RJ), Vitória (ES), Florianópolis (SC), Campo Grande (MS), Salvador (BA), João Pessoa (PB) e Belém (PA).

A cidade do Rio de Janeiro deve ficar com a imunização suspensa até a próxima quinta-feira (29), quando o Ministério da Saúde enviará novas remessas. Os relatos foram publicados em reportagem do jornal Folha de S.Paulo

Em João Pessoa, a prefeitura mantém nesta segunda-feira (26) aplicação apenas da segunda dose das vacinas AstraZeneca e Coronavac contra Covid-19. A imunização de primeira dose foi interrompida no sábado (24).

PUBLICIDADE

Em Salvador, não há imunizantes para a primeira dose desde sábado (24). A capital espera por nova remessa de imunizantes pelo governo federal para retomar a vacinação. A segunda dose segue sendo aplicada.

A situação se repetiu em Vitória, que também está sem estoque de imunizantes para novos casos e está aplicando apenas a segunda dose da vacina.

PUBLICIDADE

Em Belém, a vacinação foi suspensa no último sábado (24) e domingo (25). A cidade também está aguardando novas remessas. 

Campo Grande deixou de aplicar a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na quinta-feira (22). Segundo a prefeitura, apesar do anúncio de nova distribuição de vacinas pelo Ministério da Saúde, não há previsão para retomada do atendimento. No domingo (25), a aplicação da segunda dose também foi suspensa na capital, mas retornou nesta segunda-feira (26).

PUBLICIDADE

Florianópolis suspendeu o avanço da campanha de vacinação por idades na sexta-feira (23). Não há previsão para retomada do serviço, informou a prefeitura.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email