Wuhan, primeiro epicentro do coronavírus, é classificada como área de baixo risco

A cidade chinesa de Wuhan, que foi a mais afetada pela doença do novo coronavírus, foi classificada como área de baixo risco do surto, pois cumpriu os critérios de nenhum novo caso confirmado nos últimos 14 dias, informaram no sábado (18) as autoridades locais

A vida em Wuhan está gradualmente voltando ao normal
A vida em Wuhan está gradualmente voltando ao normal (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Até o final da sexta-feira, a província central de Hubei, que administra Wuhan, contava com 76 cidades e distritos de baixo risco e nenhum de risco alto ou médio, assinalou a sede provincial de prevenção e controle epidêmico da covid-19. A cidade de Wuhan não teve nenhum novo caso confirmado nos últimos 14 dias.

A cidade viu seu último distrito de risco médio, Qiaokou, sendo classificado como de baixo risco, ante a avaliação de quinta-feira. Em Wuhan, o risco de coronavírus tinha passado de alto a médio em 27 de março.

De acordo com os critérios definidos em uma diretriz publicada pelo Conselho de Estado da China, as cidades e os distritos que não tiverem novos casos confirmados nos 14 dias anteriores são áreas de baixo risco. Os que tiverem menos de 50 casos ou que tiverem mais de 50 casos mas sem surto concentrado têm risco médio. Os lugares com mais de 50 casos e com surto concentrado são áreas de risco alto, informa a Xinhua.
 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247