CPI encerra depoimento de Barros e vai ao STF contra deputado

O colegiado anunciou que irá ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que medidas contra o parlamentar sejam avaliadas

Ricardo Barros
Ricardo Barros (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), decidiu encerrar o depoimento do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR). 

Além disso, o colegiado anunciou que irá ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que medidas contra o parlamentar sejam avaliadas. 

Aziz acatou a questão de ordem apresentada pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), que pediu para que seja questionado ao STF os procedimentos a serem adotados contra um parlamentar depoente que mente ao colegiado. 

PUBLICIDADE

Em coletiva, o relator, senador Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou que a CPI decidiu que Barros não será mais convocado como convidado.

"Convite é para quem a gente respeita. Convocação é para quem a gente perdeu o respeito, para quem desrespeita a comissão", reforçou Aziz.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email