Ex-diretor do Ministério da Saúde Roberto Dias é solto depois de pagar fiança de R$ 1,1 mil

Roberto Ferreira Dias foi preso por ordem do presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz, sob a acusação perjúrio

Roberto Dias
Roberto Dias (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ex-diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias pagou fiança de R$ 1,1 mil e foi liberado na noite desta quarta-feira (7). 

Ele ficou detido na Polícia Legislativa, onde permaneceu por cerca de cinco horas, informa o G1.

Dias foi preso por determinação do presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM) sob a acusação de mentir à CPI, o que caracteriza perjúrio.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email