Omar enquadra Wajngarten após mentiras: "você só tá aqui por causa da entrevista à Veja, senão nem lembraríamos que você existe”

Ex-titular da pasta da Comunicação, Fabio Wajngarten concedeu depoimento à CPI da Covid e negou várias afirmações que deu à revista Veja, causando irritação do presidente da CPI, Omar Aziz. "Você só tá aqui por causa da entrevista à revista Veja, senão a gente nem lembraria que você existia. Então subestime minha inteligência "

www.brasil247.com - Wajngarten mente na CPI
Wajngarten mente na CPI


247 - O ex-titular da pasta da Comunicação (Secom) Fabio  Wajngarten concedeu depoimento à CPI da Covid-19 no Senado nesta quarta-feira (11) e negou várias afirmações que deu à revista Veja, causando irritação do presidente da CPI, Omar Aziz e também do relator da comissão, Renan Calheiros. 

 "Você só tá aqui por causa da entrevista à revista Veja, senão a gente nem lembraria que você existia. Então subestime minha inteligência”, disse Omar, visivelmente irritado com as respostas mentirosas que visivelmente blindam o governo de Jair Bolsonaro. 

Mentiras 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Wajngarten mentiu descaradamente na CPI da Covid, nesta quarta-feira (12), e afirmou que o governo Jair Bolsonaro promoveu campanhas alertando sobre as recomendações de autoridades de saúde para a prevenção da Covid-19.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Na primeira campanha, Otávio Mesquita (jornalista) já falava sobre álcool em gel e uso de máscaras. Faz parte do cunho criativo. Assim como usamos jogadores em outros momentos", disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Wajngarten também entrou em contradição a respeito da aquisição da vacina Pfizer. Em entrevista à revista Veja, o ex-ministro citou a incompetência e demora do Ministério da Saúde para promover um acordo na aquisição dos imunizantes estadunidenses e que ele próprio teria participado das negociações. Na CPI, ele negou as declarações. 

Assista ao vivo a CPI:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email