Presidente da Anvisa faz autocrítica e diz que se arrependeu de ir a manifestação com Bolsonaro sem máscara

Presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, disse em seu depoimento à CPI da Covid, que se arrepende de ter aparecido sem máscara ao lado de Jair Bolsonaro durante uma manifestação no ano passado. "Hoje tenho plena ciência de que se pensasse mais 5 minutos não teria feito”, disse

(Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, disse em seu depoimento à CPI da Covid, nesta terça-feira (11), que se arrepende de ter aparecido sem máscara ao lado de Jair Bolsonaro durante uma manifestação de apoio ao governo, em março do ano passado. "É óbvio que em termos da imagem que isso passa, hoje tenho plena ciência de que se pensasse mais 5 minutos não teria feito”, afirmou.  

"Estive no Planalto com o presidente naquele dia, havia uma manifestação e quando cheguei ele foi até perto dos apoiadores. Aguardei a interação, tratamos do que tinha que tratar. Hoje, tenho a consciência de que se eu tivesse pensado mais cinco minutos, não teria feito até porque não era um assunto que precisasse de urgência para ser tratado. Não refleti na questão da imagem negativa. Depois disso, nunca mais houve esse tipo de comportamento meu”, disse Torres ao ser questionado sobre o fato. 

"A conduta do presidente difere da minha. As manifestações que faço são todas no sentido do que a ciência determina. Naquela época, o que preconizava o Ministério era o uso de máscaras usadas por profissionais de saúde, entre outros grupos. Não havia consenso sobre uso de máscara pela população", completou.

Assista ao vivo a transmissão na TV 247: 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email