Renan aponta mentira de Wajngarten: campanha com Otávio Mesquita era contra isolamento social

Relator da CPI da Covid, o senador Renan Calheiros apontou mentiras ditas pelo ex-chefe da Secom Fabio Wajngarten. O emedebista destacou que a campanha 'O Brasil não pode parar', do jornalista Otávio Mesquita, era contrária ao isolamento social e não a favor como disse o ex-secretário. "O senhor já abusou deste expediente em algumas oportunidades", disse Renan

www.brasil247.com - Senador Renan Calheiros (MDB-AL) e o ex-chefe da Secom Fabio Wajngarten
Senador Renan Calheiros (MDB-AL) e o ex-chefe da Secom Fabio Wajngarten (Foto: Agência Senado / Agência Brasil)


247 - O relator da CPI da Covid, no Senado, Renan Calheiros (MDB-AL), apontou mentiras do ex-secretário de Comunicação da Presidência da República Fabio Wajngarten, que foi à Comissão Parlamentar de Inquérito prestar depoimento. 

O emedebista destacou que a campanha 'O Brasil não pode parar', do jornalista Otávio Mesquita, era contrária ao isolamento social e não a favor como disse o ex-secretário. "Otávio é contra o isolamento social. A campanha foi essa", destacou Calheiros. "O senhor já abusou deste expediente em algumas oportunidades", disse o emedebista em outro momento. 

O parlamentar questionou Wajngarten quem o orientava a não incentivar a vacinação contra a Covid-19. "As manifestações do presidente pertencem a ele. As minhas conversas com ele eram sempre sobre a forma e técnica da imprensa", respondeu o ex-chefe da Secom. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em várias ocasiões Bolsonaro deu declarações contrária a recomendações da ciência na pandemia, mas o ex-secretário não quis responder acerca do impacto desses posicionamentos sobre a população. "As manifestações do presidente pertencem a ele", disse Wajngarten.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"O senhor junta alhos com bugalhos e a gente que pegar a linha lógica e não consegue", disse Calheiros. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assista ao vídeo da campanha: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email