Teich entrega Bolsonaro e diz que saiu porque foi obrigado a prescrever cloroquina

"Minha convicção pessoal era a de que não existia evidência de eficácia, tínhamos (eu e Bolsonaro) um entendimento diferente", afirmou o ex-ministro da Saúde Nelson Teich em depoimento na CPI da Covid. Assista ao vivo a transmissão pela TV 247

www.brasil247.com -
(Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)


247 - Em depoimento na CPI da Covid, na manhã desta quarta-feira (5), o ex-ministro da Saúde Nelson Teich já entregou Jair Bolsonaro, ao reforçar que membros do governo Jair Bolsonaro faziam lobby pelo uso da cloroquina contra a Covid-19. O medicamento não tem comprovação científica para o tratamento contra a doença. 

O ex-titular da pasta disse que deixou o cargo devido à "falta de autonomia" para fazer o gerenciamento da maior crise sanitária da história do País.

"Minha convicção pessoal era a de que não existia evidência de eficácia, tínhamos (eu e Bolsonaro) um entendimento diferente. Isso motivou minha saída", afirmou Teich. "O pedido (de demissão) específico foi pelo desejo de ampliação de uso da cloroquina. Esse era o problema pontual, mas isso refletia uma falta de autonomia e de liderança", acrescentou. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ex-ministro também disse que não sabia da produção de cloroquina pelo Exército. Ele disse que não foi consultado sobre o uso do remédio. "Era uma conduta tecnicamente inadequada", disse. "Minha orientação era contrária (à distribuição de cloroquina). Se eu tivesse sabido, não deixaria fazer", continuou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assista ao vivo a transmissão da TV 247: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email