32 anos sem o mestre do suspense

Reveja cenas e frases inesquecveis de Alfred Hitchcock, que ter cinebiografia estrelada por Anthony Hopkins

32 anos sem o mestre do suspense
32 anos sem o mestre do suspense (Foto: Divulgação)

247 - 29 de abril é dia de recordar o mestre do suspense, Alfred Hitchcock. Um dos cineastas mais influentes de todos os tempos, Hitchcock deixou uma extensa filmografia até o ano de sua morte, em 1980. O olhar hitchcockiano por trás das lentes produziu cenas inesquecíveis de suspense, gênero que o notabilizou, e alguns dos momentos mais memoráveis da história do cinema.

Quem não se lembra da cena do chuveiro em "Psicose" (1960) ou do desespero evocado pela revoada de aves furiosas no diminuto espaço de um sótão, em "Pássaros" (1963)?

Hitchcock tinha também uma verve e elegância inconfundíveis, e sua assinatura autoral foi muito além do suspense que flerta com elementos sobrenaturais.

Em "Janela Indiscreta" (1954), nada há de sobrenatural no mundano infortúnio de uma perna engessada ou em tentar convencer uma mulher de beleza estonteante, interpretada por Grace Kelly, de que o vizinho da frente pode ser um assassino, o que é mais importante do que tê-la em seu colo como uma generosa enfermeira.

Provocador e cheio de bom humor, o cineasta nascido na Inglaterra, mas naturalizado americano, também ficou famoso pelas rápidas aparições que fazia em seu próprios filmes. A brincadeira começou com o filme "O Pensionista" (1927). Descobrir Hitchcock no meio de uma cena passou a ser um passatempo entre os fãs. "O Homem Errado" (1956) é o único longa em que o diretor, além de aparecer em cena, tem uma fala.

Cinebiografia e os bastidores de "Psicose"

Os traços faciais marcantes do mestre do suspense estarão de volta às telonas em breve, mas na pele do ator britânico Anthony Hopkins, que estrela a cinebiografia "Hitchcock", dirigida por Sacha Gervasi. O filme remete aos bastidores de produção de "Psicose", e o roteiro foi baseado no livro "Alfred Hitchcock and the Making of Psycho", de Stephen Rebello.

Hopkins, que viverá Hitchcock, vai contracenar com Scarlett Johansson no papel de Janet Leight, atriz que interpretou a moça assassinada no chuveiro ao se hospedar no Bates Motel. Já o atormentado protagonista da trama, o assassino interpretado por Anthony Perkins, será vivido por James D'Arcy. Alama Reville, mulher de Hitchcok, será interpretada por Helen Mirren.

As filmagens começaram na sexta-feira 13 de abril. "Hitchcock" deve estrear nos cinemas no ano que vem.

Wit & wisdom, à moda hitchcockiana

Foram 59 longas ao longo da carreira. Hitchcock foi nomeado seis vezes ao Oscar, mas nunca ganhou o prêmio considerado como o de maior prestígio do cinema. Apesar de nao ter levado para a casa a famosa estatueta, Hitchcock ganhou 32 prêmios e foi indicado 66 vezes.

Reveja duas cenas que se tornaram clássicos do suspense entre dez frases marcantes do gênio provocador que era Hitchcock.

 

 

Minha querida, você está sentada sobre o seu melhor perfil -- a uma atriz que perguntou qual era seu melhor perfil para a câmera, se o direito ou o esquerdo.

Drama é a vida com os momentos sem graça deixados de fora.

A TV trouxe o assassinato de volta para casa, onde é seu lugar.

Ver um assassinato na TV pode ajudar a pessoa a trabalhar seus antagonismos. E se você não tem nenhum antagonismo, os comerciais vão te dar alguns.

Então, senhora, sugiro que lave a sua filha a seco -- em resposta a uma mãe cuja filha se recusava a tomar banho por causa de "Psicose".

 

 

Para mim, "Psicose" é uma grande comédia, tinha que ser.

Sempre faça os espectadores sofrerem o máximo possível.

Não existe terror no estampido, mas na antecipação dele.

Alguns dos nossos assassinatos mais notáveis foram domésticos, cometidos com ternura em lugares tão simples e caseiros quanto a mesa da cozinha.

As pessoas gostam de mergulhar o dedo na água fria do medo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247