A Ingratidão é o câncer da alma

Eu acabara de sair de uma reunião em que absolutamente todas as ideias que havia sugerido foram rechaçadas. Todas

Eu acabara de sair de uma reunião em que absolutamente todas as ideias que havia sugerido foram rechaçadas. Todas. Minha cabeça estava a ponto de explodir de tanta dor. E minha revolta não era pela desaprovação pura e simples de minhas sugestões, mas por perceber nitidamente que minhas participações, além de não terem sido compreendidas, foram refutadas por mero capricho dos demais, que pareciam ver no meu crescimento na organização uma iminente ameaça a seu status.

Mas meu espanto maior foi notar que o senhor Felício Draconiano Pisante, ou simplesmente senhor FDP, como era conhecido, fazia de tudo para abortar meus projetos. Logo o senhor FDP, que ingressou na organização por meio de indicação direta minha ao Conselho. Isso me incomodava profundamente. “FDP ingrato!”, pensava eu.

Parei o carro numa praça e desci para tomar um sorvete. Precisava esfriar a cabeça. Fazia um calor dos diabos e eu assava dentro do terno. Ao me assentar no banco da praça, ouvi um rumor ao longe. Era um amontoado de gente, que vinha em minha direção, empunhando faixas e cartazes. Parecia uma passeata, mas todos vestiam mantos brancos e a coisa parecia ter um caráter transcendental. Ao se aproximarem, pude ler num cartaz: “PURIFICAÇÃO: QUIMERA POSSÍVEL”, ou simplesmente, PQP. Os ativistas entoavam o coro: “PQP! PQP!”.

O homem do carrinho de sorvetes me esclareceu que se tratava de uma espécie de seita e que os seguidores da PQP acreditavam que a raça humana só atingiria a evolução através da purificação da alma e que esses místicos consideravam que a Ingratidão do ser humano era a causa maior de seu sofrimento. Eles tinham um lema: “A Ingratidão é o câncer da alma”.

Ao ouvir a frase proferida pelo sorveteiro, instantaneamente lembrei-me da reunião da qual acabara de participar e me veio à mente a imagem do senhor Felício Draconiano Pisante, o senhor FDP.

Neste momento, tudo se encaixou e a grande revelação se fez: bastava que eu mandasse o senhor FDP à PQP que meus problemas estariam resolvidos.

Luciano Gil é de Belo Horizonte e torcedor do Atlético Mineiro

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247