Alceu Valença ao 247: Temer é um sujeito temeroso

Em entrevista exclusiva ao 247, o cantor e compositor Alceu Valença definiu Michel Temer como uma figura "temerosa" e disse não descartar que ele tenha firmado um pacto mefistofélico para chegar ao poder por meio de um golpe parlamentar; neste depoimento, ele também falou sobre geopolítica, tema que o fascina, e comentou a questão da Venezuela; "Tudo bem criticarem o Maduro. Mas por que não fazem o mesmo com o Kuwait e a Arábia Saudita, que são ditaduras?", questiona; sobre sua trajetória política, Alceu disse ter votado em FHC, Lula e Dilma apenas uma vez – em 2014, seu candidato era Eduardo Campos e, com sua morte, ele não votou em nenhum candidato; no fim da entrevista, ele também cantou, a capela, algumas de suas canções mais conhecidas; confira a íntegra

Em entrevista exclusiva ao 247, o cantor e compositor Alceu Valença definiu Michel Temer como uma figura "temerosa" e disse não descartar que ele tenha firmado um pacto mefistofélico para chegar ao poder por meio de um golpe parlamentar; neste depoimento, ele também falou sobre geopolítica, tema que o fascina, e comentou a questão da Venezuela; "Tudo bem criticarem o Maduro. Mas por que não fazem o mesmo com o Kuwait e a Arábia Saudita, que são ditaduras?", questiona; sobre sua trajetória política, Alceu disse ter votado em FHC, Lula e Dilma apenas uma vez – em 2014, seu candidato era Eduardo Campos e, com sua morte, ele não votou em nenhum candidato; no fim da entrevista, ele também cantou, a capela, algumas de suas canções mais conhecidas; confira a íntegra
Em entrevista exclusiva ao 247, o cantor e compositor Alceu Valença definiu Michel Temer como uma figura "temerosa" e disse não descartar que ele tenha firmado um pacto mefistofélico para chegar ao poder por meio de um golpe parlamentar; neste depoimento, ele também falou sobre geopolítica, tema que o fascina, e comentou a questão da Venezuela; "Tudo bem criticarem o Maduro. Mas por que não fazem o mesmo com o Kuwait e a Arábia Saudita, que são ditaduras?", questiona; sobre sua trajetória política, Alceu disse ter votado em FHC, Lula e Dilma apenas uma vez – em 2014, seu candidato era Eduardo Campos e, com sua morte, ele não votou em nenhum candidato; no fim da entrevista, ele também cantou, a capela, algumas de suas canções mais conhecidas; confira a íntegra (Foto: Ana Pupulin)

Tom Cardoso e Alceu Valença

"Michel Temer é um sujeito temeroso", diz o cantor e compositor Alceu Valença, antes de imitá-lo com as "suas mãozinhas".

Compositor de grandes clássicos da MPB, como La Belle de Jour, Morena Tropicana e Girassol, Alceu disse não descartar que Temer tenha feito algum tipo de pacto mefistofélico para chegar ao poder por meio de um golpe parlamentar.

"Pedaladas fiscais foram feitas por 18 governadores", disse. "É claro que foi golpe."

Em seus shows, gritos de 'Fora Temer' são quase sempre obrigatórios, mas Alceu não os estimula. "Hoje as pessoas não debatem mais argumentos, já partem para os xingamentos".

Apaixonado desde cedo pela questão geopolítica, Alceu abordou a questão da Venezuela e criticou a hipocrisia dos Estados Unidos. "Tudo bem criticarem o Maduro. Mas por que não fazem o mesmo com o Kuwait e a Arábia Saudita, que são ditaduras?", indagou.

Filho de um ex-prefeito em Pernambuco, na cidade de São Bento do Una (PE), ele falou sobre política, cultura e o cenário atual da MPB.

No fim da entrevista, ele também cantou, a capela, algumas de suas canções mais conhecidas.

Confira abaixo a íntegra da entrevista:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247