Antes de brilhar na CPI, Luana Araújo já foi cantora na noite carioca e chegou a gravar o álbum "The Lioness", a Leoa

Com o nome artístico Luana Mariana, ela cantava, tocava piano e apresentava músicas em inglês

Luana Araújo
Luana Araújo (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A médica infectologista Luana Araújo, que foi convidada para integrar a equipe de Marcelo Queiroga no Ministério da Saúde e saiu dez dias depois por ter uma visão crítica da cloroquina, remédio ineficaz e perigoso prescrito por Jair Bolsonaro aos brasileiros, já foi cantora e chegou a gravar o álbum "The Lioness", a Leoa. A informação foi publicada pela colunista Hildegard Angel. Ontem, Luana brilhou na CPI da Covid ao contestar o terraplanismo do governo federal. Confira o post de Hildegard e vídeo da TV 247:

 


Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email