Após atacar Petra Costa, Pedro Bial diz ter sido linchado e pede paz

"Esta semana, experimentei, mais uma vez, o que é estar na parte linchada de um linchamento virtual. Eu, que vivo de acolher as opiniões das pessoas, caí na temeridade de dar a minha", diz o jornalista, que criticou o filme Democracia em Vertigem, que retrata o golpe de 2016 e pode vencer o Oscar nesta noite

www.brasil247.com - Pedro Bial e Petra Costa
Pedro Bial e Petra Costa (Foto: Reprodução)


247 - O jornalista Pedro Bial publica artigo neste domingo, no jornal O Globo, em que diz ter sido linchado após atacar a cineasta Petra Costa, que pode vencer o Oscar de melhor documentário nesta noite, por Democracia em Vertigem, filme que retrata o golpe de 2016, apoiado pela Globo, empresa em que Bial trabalha.

"É com a carcaça moída e esfolada de tanta pancada virtual que venho a público acenar: bandeira branca. Amor. Eu peço paz. Esta semana, experimentei, mais uma vez, o que é estar na parte linchada de um linchamento virtual. Eu, que vivo de acolher as opiniões das pessoas, caí na temeridade de dar a minha. Eu não peço desculpas, nem peço que me peçam desculpas", disse ele.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No texto, Bial voltou a criticar Petra, mas disse torcer para que ela vença e criticou o "retardo" de Jair Bolsonaro. "A insegurança do governo e seu temor de que a imagem do Brasil possa ser arranhada por um filme são bobagens, tiros nas próprias patas. Além de mais uma amostra do retardo intelectual de nosso governante, como apontei no rádio, é um escândalo que se gaste o dinheiro público para atacar nossa artista de destaque internacional. Um filme brasileiro no Oscar é sempre bom para o Brasil. Se ganhar, melhor ainda. Viva o cinema brasileiro", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email