Arrigo Barnabé volta aos palcos cantando Roberto e Erasmo Carlos

O compositor, arranjador, músico e intérprete Arrigo Barnabé comprova sua capacidade de renovação e recria clássicos de dois grandes nomes da música brasileira, em dois shows nos dias 15 e 16/9 no Sesc Ipiranga; o cantor londrinense acompanhado por Sérgio Espíndola (violão) e Paulo Braga (piano), interpreta composições de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, além de releituras de canções gravadas por esses artistas, como as músicas de Caetano Veloso lançadas por Roberto, entre elas, o sucesso “Força estranha”

O compositor, arranjador, músico e intérprete Arrigo Barnabé comprova sua capacidade de renovação e recria clássicos de dois grandes nomes da música brasileira, em dois shows nos dias 15 e 16/9 no Sesc Ipiranga; o cantor londrinense acompanhado por Sérgio Espíndola (violão) e Paulo Braga (piano), interpreta composições de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, além de releituras de canções gravadas por esses artistas, como as músicas de Caetano Veloso lançadas por Roberto, entre elas, o sucesso “Força estranha”
O compositor, arranjador, músico e intérprete Arrigo Barnabé comprova sua capacidade de renovação e recria clássicos de dois grandes nomes da música brasileira, em dois shows nos dias 15 e 16/9 no Sesc Ipiranga; o cantor londrinense acompanhado por Sérgio Espíndola (violão) e Paulo Braga (piano), interpreta composições de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, além de releituras de canções gravadas por esses artistas, como as músicas de Caetano Veloso lançadas por Roberto, entre elas, o sucesso “Força estranha” (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O compositor, arranjador, músico e intérprete Arrigo Barnabé comprova sua capacidade de renovação e recria clássicos de dois grandes nomes da música brasileira, em dois shows nos dias 15 e 16/9 no Sesc Ipiranga. 

O cantor londrinense acompanhado por Sérgio Espíndola (violão) e Paulo Braga (piano), interpreta composições de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, além de releituras de canções gravadas por esses artistas, como as músicas de Caetano Veloso lançadas por Roberto, entre elas, o sucesso “Força estranha”.

Quando despontou no Festival Universitário da Cultura em 1979 com a música “Diversões eletrônicas”, Arrigo trouxe as referências inaugurais da Vanguarda Paulista que foram condensadas no álbum independente “Clara Crocodilo” (1980). A partir deste trabalho, a fusão entre a música popular urbana e a música erudita contemporânea presente na obra do compositor acabou por influenciar diversos artistas da época criando o movimento vanguardista em São Paulo.

Nas suas últimas obras como interprete revisou os trabalhos de Lupicínio Rodrigues e de Hermelino Neder. Agora Arrigo apresenta um show inédito: “Quero que vá tudo pro inferno!”, revivendo canções de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, que ocupam um lugar único no caldeirão do pop, sob o olhar inquieto do performer londrinense.

Serviço                                                                                                                                             Arrigo Barnabé interpreta Roberto Carlos e Erasmo Carlos                                                             SHOW 'QUERO QUE VÁ TUDO PRO INFERNO!'                                                                                                      Quando: 15 e 16/09 – às 21h.                                                                                                                                                      Local: teatro (200 lugares)                                                                                                                         Preço: R$20,00 / R$10,00 / R$6,00 (credencial plena)

Ingressos online http://bit.ly/arrigobarnabesesc ou nas bilheterias da rede Sesc.                     Sesc Ipiranga – Rua Bom Pastor, 822

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247