Atrizes denunciam publicamente produtor de Hollywood por assédio

Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Mira Sorvino, Asia Argento e outras atrizes conhecidas acusaram o magnata do cinema Harvey Weinstein, 55, de assédio ou estupro; as denúncias contra ele –públicas ou anônimas– já superam duas dezenas; série de acusações veio à tona após reportagem do NYT

Angelina Jolie e Gwyneth Patrow
Angelina Jolie e Gwyneth Patrow (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - As atrizes Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Mira Sorvino e Asia Argento acusaram o magnata do cinema Harvey Weinstein, 55, de assédio ou estupro. As denúncias contra ele –públicas ou anônimas– superam duas dezenas.

No domingo (8), ele foi demitido da própria empresa, a The Weinstein Company, após o jornal americano "The New York Times" revelar uma série de acusações de mulheres contra o produtor ao longo dos últimos 30 anos.

Ele pediu desculpas, mas negou denúncias de estupro ou retaliações. Em movimento lento e crescente, estrelas de Hollywood passaram a tratar publicamente do caso.

Jolie disse à publicação ter sido assediada em 1999 durante a divulgação do filme "Corações Apaixonados". Em seguida, disse, decidiu jamais trabalhar com ele e relatou o ocorrido a outras mulheres.

Paltrow afirmou ter sido chamada por Weinstein em seu quarto de hotel antes das gravações do filme "Emma", quando tinha 22 anos. Segundo ela, o produtor a tocou e sugeriu que fossem ao quarto para "fazer massagens".

As informações são de reportagem de Elahe Izado no Washington Post.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247