Baixista do Angra diz sentir “vergonha” após banda ser citada por presidente da Funarte

"Que vergonha de ter minha banda citada em associação a esse cara", disse Felipe Andreoli sobre declarações de Dante Mantovani, de que o Rock leva ao "abordo e ao satanismo". "Me assusta que uma pessoa tão retrógrada, fanática, esteja em um cargo tão importante para a cultura do país"

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O músico Felipe Andreoli, baixista da banda Angra, reagiu com indignação às declarações do novo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Dante Mantovani. 

Em suas tantas declarações em vídeo, Mantovani disse que o Rock leva ao 'aborto e satanismo', ligou nomes como Elvis Presley e The Beatles a “estratégias soviéticas para destruir a juventude e as famílias norte-americanas” e que acompanhava o Angra (leia mais no Brasil 247). 

"Quanta ignorância, quanta desinformação, e QUE VERGONHA de ter minha banda citada em associação a esse cara. Não vou nem perder meu tempo atacando as declarações porque quem vive o Rock sabe bem que ele está delirando. Me assusta que uma pessoa tão retrógrada, fanática, esteja em um cargo tão importante para a cultura do país. #funarte #sinaldostempos", disse Andreoli pelo Instagram. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247