Carnaval: 48% das mulheres dizem já ter sofrido algum tipo de assédio, aponta pesquisa

"As mulheres com idade entre 16 a 24 anos são as maiores vítimas e 61% delas dizem já ter sofrido algum assédio ou importunação nesses eventos", diz a pesquisa do Ibope

Campanha Não é Não
Campanha Não é Não (Foto: Reprodução/Instagram Não É Não)

247 - Segundo levantamento do Ibope, 48% das mulheres  sofreram algum tipo de assédio, constrangimento ou importunação sexual, informou o G1 nesta sexta-feira (21).

Dentre as mulheres que já foram assediadas: 50% afirmam que o constrangimento foi verbal, 22% relatam que o constrangimento foi físico e 28% narram agressões tanto verbais quanto físicas.

A pesquisa foi realizada pela internet entre os dias 31 de janeiro a 6 de fevereiro de 2020, e considera apenas as internautas que já foram em celebrações carnavalescas como blocos de rua, desfiles ou sambódromos, trios-elétricos, eventos em lugares fechados, etc. 

"As mulheres com idade entre 16 a 24 anos são as maiores vítimas e 61% delas dizem já ter sofrido algum assédio ou importunação nesses eventos", conta a reportagem.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247