Catástrofe cult

No filme Melancolia, que chega aos cinemas nesta sexta-feira 5, o polmico cineasta dinamarqus Lars von Trier retrata a vida de um grupo de pessoas que sabe que o fim do mundo iminente

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Natália Rangel_247 - O cine-desastre cult do polêmico cineasta sueco Lars von Trier, Melancolia, estreia nesta sexta-feira 5. Foi no lançamento deste filme no Festival de Cannes que se deu a fatídica entrevista em que o diretor von Trier fez comentários politicamente incorretos referentes ao nazismo e acabou defenestrado da cerimônia, em maio. Melancolia tem no elenco as atrizes Kirsten Durst (ela levou a palma de ouro por sua atuação) e Charlotte Gainsbourg, e um início convencional, com uma impecável cerimônia de casamento em que a mãe do noivo decide discursar contra a instituição do matrimônio, criando certo mal estar (o cineasta é especialista neste tipo de cena e faz isso como ninguém, como mostrou em Cannes). Depois segue-se a descoberta de um novo planeta, chamado Melancolia, cuja trajetória o levará a chocar-se com a Terra – e será então o fim do mundo. É nesta atmosfera apocalíptica, em clima de desastre anunciado, que se desenrola a trama do longa-metragem.

Além de Gainsbourg, que trabalhou com Von Trier no perturbador Anticristo, o filme conta com Kiefer Sutherland, Stellan Skarsgard e John Hurt, os dois últimos de Dogville. Na trama, a catástrofe de fato só aparece no final, a maior parte do filme retrata como cada um dos personagens lida com a inexorável perspectiva do fim do mundo iminente. Depois de colocar o seu estilo cerebral e denso a serviço do cine-catástrofe, o cineasta Lars von Trier irá flertar com o pornô. Ele está envolvido em um novo filme chamado Ninfomania, também protagonizado por Charlotte Gainsbourg e Kirsten Dunst, que irá se centrar na vida erótica de uma mulher desde o nascimento até os 50 anos de idade. Segundo o seu produtor, Peter Aalbaek, é um longa-metragem erótico mas também muito engraçado e será novamente filmado em inglês, para facilitar a sua distribuição.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email