Chico Buarque assina carta contra Weintraub no Banco Mundial

O documento é assinado por economistas, empresários, políticos, ex-ministros, artistas e intelectuais, e já conta com mais de 250 assinaturas, que incluem ainda as de 15 entidades da sociedade civil

(Foto: Mídia NINJA)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da revista Fórum – O cantor e compositor Chico Buarque, que fez aniversário nesta sexta-feira (19), é um dos signatários da carta enviada ao Banco Mundial desaconselhando a nomeação do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, para uma das diretorias da entidade.

O documento é assinado por economistas, empresários, políticos, ex-ministros, artistas e intelectuais, e já conta com mais de 250 assinaturas, que incluem ainda as de 15 entidades da sociedade civil.

Weintraub foi indicado para assumir um cargo no Banco Mundial após deixar a chefia do Ministério da Educação. O anúncio foi feito por meio de vídeo, divulgado nesta quinta-feira (18), ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

“Enviamos esta carta para desaconselhar fortemente a indicação do Sr. Weintraub para este importante cargo e informá-lo sobre os possíveis danos irreparáveis que ele causaria à posição do seu país no Banco Mundial. Estamos convencidos de que o Sr. Abraham Weintraub não possui as qualificações éticas, profissionais e morais mínimas para ocupar o assento da 15ª Diretoria Executiva do Banco Mundial”, diz o documento.

Leia a íntegra na Fórum 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247