Chico César lança manifesto em favor de banda censurada por tocar Chico Science em Recife

O cantor e compositor Chico César fez no Instagram um manifesto de solidariedade à banda Janete Saiu Para Beber que, segundo seus integrantes, foi proibida de tocar a canção de Chico Science e Nação Zumbi “Banditismo por uma questão de classe”

www.brasil247.com - Chico César e Chico Science
Chico César e Chico Science (Foto: Reprodução)


247 - O cantor e compositor Chico César fez no Instagram um manifesto de solidariedade à banda Janete Saiu Para Beber que, segundo seus integrantes, foi proibida de tocar a canção de Chico Science e Nação Zumbi “Banditismo por uma questão de classe”. “Solidariedade à banda @janetesaiuparabeber censurada e proibida de tocar Chico Science em Pernambuco pela PM local. Abuso de autoridade! Isso tem de acabar, logo. Fogo nos fascistas!🔥 PS: leiam no perfil da banda aqui ficou um pouco confuso”.

A cantora Zélia Duncan foi uma das que se manifestou com a frase: “Vamos todos tocar Chico Science”.

Bandas contratadas para tocar em polos de folia afirmara que foram proibidas e ameaçadas de prisão porque cantavam uma música. Um trecho da canção diz: “Em cada morro uma história diferente, que a polícia mata gente inocente”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A banda Janete Saiu Para Beber foi uma das que usou as redes sociais para denunciar os supostos excessos cometidos pela PM. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Algumas das canções entoadas como 'Sangue de Bairro', 'Monólogo ao pé do ouvido' e 'Banditismo por uma questão de classe' irritaram alguns dos policiais presentes, que foram questionar a produção do evento sobre o teor dessas músicas. Segundo um dos produtores do evento, Du Lopes - que dialogou com os PMs - eles exigiram o fim do evento, argumentando que, em suas próprias palavras: 'Não pode tocar Chico Science. Chico é som de briga! Não pode tocar!'", diz a banda no Facebook.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email