Chico fala do "pé atrás" com o STF e do conluio na Lava Jato: "Não me surpreende"

Após o STF negar liberdade ao ex-presidente Lula, o cantor e compositor Chico Buarque afirmou que fica com um "pé atrás" em relação à Corte; artista disse que não ficou surpreso com as revelações do site Intercept Brasil sobre a interferência de Moro no trabalho de procuradores do MPF-PR; "Não me surpreende", afirmou

(Foto: Mídia NINJA)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O cantor e compositor Chico Buarque criticou o Supremo Tribunal Federal e o concluio do ex-juiz Sérgio Moro com procuradores do Ministério Público (MPF-PR) no âmbito da Operação Lava Jato. 

Após o STF negar liberdade ao ex-presidente Lula, o artista afirmou que fica com um "pé atrás" em relação à Corte.

Chico disse que não ficou surpreso com as revelações do site Intercept Brasil sobre a interferência de Moro no trabalho de procuradores do MPF-PR. Na condição de magistrado, o atual ministro da Justiça e Segurança Pública feriu a equidistância entre juiz e a parte acusatória. "Não me surpreende", afirmou.

Assista ao vídeo publicado pelo DCM:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247