Cilada.com é viral

Comdia com Bruno Mazzeo e Fernanda Paes Leme levou dois milhes de espectadores ao cinema em apenas 19 dias de exibio e j o filme nacional mais bem sucedido da temporada

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Estreia da comédia Cilada.com, de José Alvarenga Jr, tem efeito viral junto aos espectadores: filme levou dois milhões de pessoas aos cinemas em apenas 19 dias. Com esta boa performance nas bilheterias, o longa-metragem atualmente só perde para o último da saga Harry Potter e já ultrapassou o bem sucedido O assalto ao Banco Central, de Marcos Paulo, que estreou na semana passada. O diretor Alvarenga Jr, um reconhecido diretor da tevê Globo, está se especializando em comédias que o público adora, ele também dirigiu “Divã”, protagonizado por Lilia Cabral, e “Os Normais”, com a dupla Fernanda Torres e Luis Fernando Guimarães. Esta comédia, que estreou em 380 salas no dia 8 de julho, foi adaptada de um sitcom que fez sucesso na programação do Multishow, criado e escrito pelo ator Bruno Mazzeo. Trata-se de uma engraçada comédia de costumes que se focou nos esquetes e gafes que deram mais certo na tevê e se cercou de atores competentes, como o hilário Sergio Loroza, Fabiula Nascimento (de Estômago) e o próprio Bruno Mazzeo.

O enredo fala de sexo, amor e traição em tempos de internet e mostra as confusões em que um rapaz se envolve depois que sua namorada coloca na internet o vídeo de uma transa frustrada do casal. Ao tentar dar um upgrade em sua abalada reputação, ele acaba se metendo em muitas outras trapalhadas. Cilada.com garante boas risadas, mas se parece demais com os seriados que a Globo exibe às terças e quintas-feiras em sua programação. Tem ritmo de seriado de tevê, mas os bons diálogos do sitcom original foram reduzidos para ceder lugar às performances exageradas e caricatas em cena, estratégia para provocar gargalhadas. O resultado é uma comédia comercial despretensiosa que superou as expectativas e já garantiu seu lugar entre os lançamentos de maior sucesso do cinema desde a retomada em 1985.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email