Com agenda cancelada devido à pandemia, ícone do samba Nelson Sargento, 95, abre ‘vakinha online’

Um dos mais respeitados compositores do país, Nelson Sargento, de 95 anos, está em situação delicada devido à pandemia e as restrições de trabalho para os artistas. Cogitou-se colocar seus ternos e seus discos de vinil, mas sua assessoria negou a iniciativa, afirmando que o artista deve fazer uma live para arrecadar fundos

Nelson Sargento
Nelson Sargento (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Estandarte do samba e ícone da Estação Primeira de Mangueira, o cantor e compositor Nelson Sargento quase colocou à venda seu acervo de ternos e discos de vinil, um xodó do artista. O motivo é a falta de dinheiro. Em meio à pandemia, o artista teve que recorrer a outros meios para se sustentar. 

Nelson Sargento (Rio de Janeiro, 25 de julho de 1924), nome artístico de Nelson Mattos, é compositor, cantor, pesquisador da música popular brasileira, artista plástico, ator e escritor brasileiro. Presidente de honra da escola de samba da Mangueira. Sua trajetória na música, na literatura e nas artes são suficientes para vários carnavais

Nelson Sargento, é autor do samba Agoniza mas não morre, parceiro de Cartola, Jamelão, Elton Medeiros entre tantos outros. 

 Contrinbua com o compositor no link abaixo: 

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/nelson-sargento

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email