'Democracia em vertigem é uma carta de amor ao Brasil', diz Petra Costa

Indicada na categoria melhor documentário com seu "Democracia em vertigem", a cineasta Petra Costa defendeu o filme que retrata os bastidores do golpe de 2016. "O documentário é uma carta de amor ao Brasil", disse Petra usando um vestido longo vermelho

(Foto: Twitter/Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A cineasta Petra Costa está participando da cerimônia do Oscar neste domingo, 9. Indicada na categoria de melhor documentário com seu "Democracia em vertigem", Petra defendeu o filme que retrata os bastidores do golpe de 2016. 

"O documentário é uma carta de amor ao Brasil", disse Petra, fazendo uso de um vestido longo vermelho.

A diretora disse também que o ódio instaurado no Brasil nã faz parte da natureza do povo brasileiro. "Esse ódio não faz parte da nossa natureza, espero que a gente possa se livrar disso. A cura do Brasil depende do voto de cada um. Estando no Congresso, adquiri muito respeito por deputados que ficam ali lutando para garantir direitos", disse ela. 

Inscreva-se na TV 247 e acompanhe os comentários dos jornalistas William de Lucca, Cynara Menezes, Miguel Paiva e Renato Aroeira sobre o Oscar:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email