Dinho Ouro Preto é mais um desiludido com Sérgio Moro

O vocalista do Capital Inicial, Dinho Ouro Preto, ex-apoiador da Lava Jato e do ministro Sérgio Moro, afirmou que se decepcionou com a figura do ex-juiz; "eu via o trabalho dele na Lava Jato como apartidário", diz o cantor; Dinho também revelou ter votado em Haddad nas eleições de 2018

Dinho Ouro Preto é mais um desiludido com Sérgio Moro
Dinho Ouro Preto é mais um desiludido com Sérgio Moro

Revista Fórum - O vocalista do Capital Inicial, Dinho Ouro Preto, que já fez inúmeras declarações de apoio a Lava Jato e ao ex-juiz Sérgio Moro demonstrou, em entrevista ao El País publicada nesta sexta-feira (19), que está arrependido com o agora ministro da Justiça.

“Eu via o trabalho dele na Lava Jato como apartidário. Tinha a impressão de que estavam investigando geral, do Lula ao Beto Richa, passando pela cúpula do MDB. Mas o Moro não deveria ter aceitado o cargo de ministro. Soou como se ele tivesse uma agenda em comum com o Bolsonaro”, disse o vocalista do Capital Inicial, que já chegou, em 2016, a dedicar a música “Que país é esse” ao então juiz, que estava presente em um show em Curitiba (PR).

O cantor ainda revelou ter votado em Fernando Haddad nas eleições de 2018 e fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro. Dinho também disse que discorda do núcleo ligado a Olavo de Carvalho e que que está de acordo, em partes, com a agenda do ministro da Economia, Paulo Guedes. 

Leia a íntegra na Revista Forum

Ao vivo na TV 247 Youtube 247