Direitos humanos em curtas-metragens

Com esta temtica, o festival "Entretodos" comea hoje com apresentao do cineasta Cao Hamburguer, em So Paulo, e rene mais de 20 filmes produzidos em todo o Pas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com assessoria do evento - Até o próximo dia 25 de setembro acontece em São Paulo a quarta edição do Festival de Curtas Metragens de Direitos Humanos, “Entretodos”, que reúne 21 curtas que serão exibidos na mostra competitiva no CineSesc e na Matilha Cultural. Toda a programação é gratuita e pode ser acessada no site do Festival: www.entretodos.com.br . A cerimônia de abertura acontece nesta terça-feira 20 às 21h no CineSesc com apresentação do cineasta Cao Hamburger (O ano em que meus pais saíram de férias), que conversa com o público sobre a relação do cinema com os direitos humanos e exibe trechos de produções de sua autoria. Ele apresenta nesta mostra o curta metragem “O menino, a favela e as tampas de panela”, realizado no início de sua carreira, entre outros. O festival é promovido pela Comissão Municipal de Direitos Humanos e pela FESP-SP, com o apoio da UNESCO e da Matilha Cultural e curadoria de Manu Sobral e Jorge Grinspum, o Festival

Ao longo da semana serão realizados três debates: “Cinema e Literatura” (21/09 às 21h no CineSesc), “Bioética” (22/09 às 21h no CineSesc) e um debate entre júri e os realizadores (23/09, às 22h, na Matilha Cultural). Este ano o Entretodos tem sessão infantil no CineSesc. No dia 24/09, sábado, a partir das 11h, a garotada poderá assistir a seis curtas: “Esaú, o catador de histórias” (André Dias)/ “A Conquista do espaço” (Chico Deniz)/ “A fábula da corrupção” (Lisandro Santos)/ “A ilha de cachalote” (Christian Mariano)/ “De onde vem a água do rio?” (Mateus di Mambro)/ “Naiá e a lua” (Leandro Tadashi).

A programação itinerante do Entretodos está bastante eclética e espalhada em vários pontos da cidade e além. Há atividades programadas no Cine CEDECA Mônica Paião Trevisan (Sapopemba);  Perifacine (São Mateus); no Centro de Progressão Penitenciária de São Miguel Paulista (São Paulo) e na penitenciária José Parada Neto (Guarulhos); em escadões, escolhas e núcleos localizados na zona norte, proposta da Associação Cultural Fábrica de Gênios (Jardim Peri Novo), na Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA) nas unidades de Vila Maria e Vila Guilherme, proposta da FABICINE; nos bairros da Casa Verde Alta e Jardim Eliza Maria, ocupando espaços como pistas de skate e escolas; nas regiões de Penha e Perus, através do projeto Entrelinhas em Ação - crônicas urbanas X ENTRETODOS; na Casa do Zezinho (Capão Redondo, Parque Santo Antônio e Jardim Ângela); em Parelheiros, na Associação Ninho Criança Esperança; na Universidade Aberta de Meio Ambiente e Cultura de Paz (UMAPAZ), no Parque Ibirapuera; em Paraisópolis, através do Coletivo Tá na Tela (mostra itinerante em espaços ao ar livre); na cidade de São José dos Campos, através de atividades promovidas pelo Núcleo de Ação e Pesquisa Audiovisual e pelo Instituto Magneto Cultural; na cidade de Salto, através do Cineclube CEUNSP da Faculdade de Comunicação e Artes. As atividades incluem exibições, debates, apresentações musicais, arte de rua, dentre outras. No domingo, 25/09, às 14h a cerimônia de premiação e encerramento do Festival acontece no Parque da Aclimação. Paulistano nascido em Santo Amaro e Criado no Grajaú, Criolo mistura agressividade, humor e delicadeza, compondo e entoando gêneros diversos como samba, afrobeat, bolero, reggae, rap e romântico. 

Os curtas estão reunidos em cinco blocos: Origens e Deslocamentos (curtas que expressam questões relacionadas às correntes migratórias, fronteiras geográficas, étnicas, sociais, econômicas e Identidade); Mundo Interior (curtas que tratam da espiritualidade, do pensamento metafísico, do espírito, das questões de paz e da religião); Núcleos e Nichos (curtas que expressam o universo em torno do indivíduo, a família, a comunidade e o meio ambiente); Lugar do Corpo (curtas que falam da saúde física e mental, das questões ligadas à sexualidade e ao bem estar); Cotidiano (curtas que tratam das questões relacionadas ao trabalho, à educação e à noção de cidadania).

A variedade e temas abordados pelos curtas permitem reflexão sobre os direitos humanos em nosso dia a dia e contribuem para a ampliação do debate. Os trabalhos abordam guerra, tecnologias cotidianas, sincretismo, fé, identidade, ativismo, situações de família, minorias, sexualidade, agrotóxicos e muitas outras situações cotidianas.

 

Dentre os mais conhecidos do público, há um trabalho de Silvio Tendler na mostra competitiva  - Matzeiva Mer-Khamis (Freedom) - e uma participação de Carlinhos Brown no curta Olho de Boi.

O juri do Festival (composto por Cao Hamburger, Kiko Goifman, Eugenio Bucci, Alice Miceli, Danilo Miranda, Débora Diniz, José Vicente, Mari Corrêa, Renata Falzone, Roberto Baptista Dias da Silva, Sérgio Vaz e Soninha Francine) selecionará melhor curta, melhor diretor estreante, melhor roteiro e visão social. A curadoria seleciona o melhor candidato ao prêmio mochileiro. O público pode assistir e votar nos curtas preferidos ao final das sessões, conferindo também o prêmio popular ao melhor trabalho.

O ENTRETODOS conta também com o apoio da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, da Subprefeitura de Cidade Tiradentes e da SPTuris.

Confira:

20/09 - terça feira

15h - Curtas do bloco Lugar do Corpo: "Uma" ( Alexandre Barcelos)/ "Preservativo" (Filipe Matzembacher, Márcio Reolon e Samuel Telles )/ "Irene" (Patrícia Galucci e Victor Nascimento)/ "Oma" (Michael Wahrmann) - CineSesc

17h - Curtas do bloco Mundo Interior: "Olho de Boi" (Diego Lisboa)/ "El rey del pueblo" (Juliane Cavalcante Afonso)/ "Matzeiva Juliano Mer-khamis" (Silvio Tendler)/ "Pregadores" (Leonardo Kopke e Cavi Borges) - CineSesc

20h - Curtas do bloco Cotidiano: "Temperamental" (Rodrigo Sousa & Sou sa)/ "Sucata de plástico" (Nigéria Filmes)/ "Sinal fechado" (Isaac Chueke)/ "Outlet" (Isaac Donato)/ "A dama do Peixoto" (Allan Ribeiro e Douglas Soares) - Matilha Cultural

21h - Abertura oficial com CAO HAMBURGER ("O ano em que meus pais saíram de férias", "Xingu", "Castelo RaTimBum", entre outros) - conversa sobre cinema e direitos humanos, com exibição do curta metragem "O menino, a favela e as tampas de panela", realizado por Cao no início de sua carreira - CineSesc

21/09 - quarta feira

15h - Curtas do bloco Cotidiano: "Temperamental" (Rodrigo Sousa & Sou sa)/ "Sucata de plástico" (Nigéria Filmes)/ "Sinal fechado" (Isaac Chueke)/ "Outlet" (Isaac Donato)/ "A dama do Peixoto" (Allan Ribeiro e Douglas Soares) - CineSesc

17h - Curtas do bloco Núcleos e Nichos: "Corte seco" (Matheus Vianna)/ "Cores e Botas" (Juliana Vicente)/ "Mostra-me" (Camilo Bianchini Cassoli)/ "A inventariante" (Patrícia Francisco) - CineSesc

19h - Curtas do bloco Origem e Deslocamentos: "Cellphone" (Daniel Lisboa)/ "Turismo de guerra" (Felipe Ivanicska)/ "Entrevãos" (Luísa Caetano)/ "Mancha de dendê não sai" (Felipe Barros) - CineSesc

20h - Curtas do bloco Mundo Interior: "Olho de Boi" (Diego Lisboa)/ "El rey del pueblo" ( Ju Cavalcante e Thais Borges)/ "Matzeiva Juliano Mer-khamis (Silvio Tendler)/ "Pregadores" (Leonardo Kopke e Cavi Borges) - Matilha Cultural

21h - Debate Cinema e Literatura, com a presença de Beatriz Bracher e convidados - CineSesc

22/09 - quinta feira

15h - Curtas do bloco Origem e Deslocamentos: "Cellphone" (Daniel Lisboa)/ "Turismo de guerra" (Felipe Ivanicska)/ "Entrevãos" (Luísa Caetano)/ "Mancha de dendê não sai" (Felipe Barros) - CineSesc

17h - Curtas do bloco Cotidiano: "Temperamental" (Rodrigo Sousa & Sousa)/ "Sucata de plástico" (Nigéria Filmes)/ "Sinal fechado" (Isaac Chueke)/ "Outlet" (Isaac Donato)/ "A dama do Peixoto" (Allan Ribeiro e Douglas Soares) - CineSesc

19h - Curtas do bloco Lugar do Corpo: "Uma" ( Alexandre Barcelos)/ "Preservativo" (Filipe Matzembacher, Márcio Reolon e Samuel Telles )/ "Irene" (Patrícia Galucci e Victor Nascimento)/ "Oma" (Michael Wahrmann) - CineSesc

20h - Curtas do bloco Núcleos e Nichos: "Corte seco" (Matheus Vianna)/ "Cores e Botas" (Juliana Vicente)/ "Mostra-me" (Camilo Bianchini Cassoli)/ "A inventariante" (Patrícia Francisco) - Matilha Cultural

21h - Debate Bioética, com Débora Diniz, Alice Micelli e Roberto Dias, com mediação de Willian Saad - CineSesc

23/09 - sexta feira

15h - Curtas do bloco Núcleos e Nichos: "Corte seco" (Matheus Vianna)/ "Cores e Botas" (Juliana Vicente)/ "Mostra-me" (Camilo Bianchini Cassoli)/ "A inventariante" (Patrícia Francisco) - CineSesc

17h - Curtas do bloco Lugar do Corpo: "Uma" (Alexandre Barcelos)/ "Preservativo" (Filipe Matzembacher, Márcio Reolon e Samuel Telles)/ "Irene" (Patrícia Galucci e Victor Nascimento)/ "Oma" ( Michael Wahrmann) - CineSesc

19h - Curtas do bloco Mundo Interior: "Olho de Boi" (Diego Lisboa)/ "El rey del pueblo" ( Ju Cavalcante e Thais Borges)/ "Matzeiva Juliano Mer-khamis" (Silvio Tendler)/ "Pregadores" (Leonardo Kopke e Cavi Borges) - CineSesc

20h - Curtas do bloco Origem e Deslocamentos: "Cellphone" (Daniel Lisboa)/ "Turismo de guerra" (Felipe Ivanicska)/ "Entrevãos" (Luísa Caetano)/ "Mancha de dendê não sai" (Felipe Barros)  - Matilha Cultural

21h - Curtas do bloco Cotidiano: "Temperamental" (Rodrigo Sou sa & Sousa)/ "Sucata de plástico" (Nigéria Filmes)/ "Sinal fechado" (Isaac Chueke)/ "Outlet" (Isaac Donato)/ "A dama do Peixoto" (Allan Ribeiro e Douglas Soares) - CineSesc

22h - Debate Júri e Realizadores, com presença de Jorge Grinspum, Eugênio Bucci e convidados - Matilha Cultural

24/09 - sábado

11h - ENTRETODOS Infantil - mostra de curtas infantis: "Esaú, o catador de histórias" (André Dias)/ "A Conquista do espaço" (Chico Deniz)/ "A fábula da corrupção" (Lisandro Santos)/ "A ilha de cachalote" (Christian Mariano)/ "De onde vem a água do rio?" (Mateus di Mambro)/ "Naiá e a lua" (Leandro Tadashi) - CineSesc

15h - Curtas do bloco Mundo Interior: "Olho de Boi" (Diego Lisboa)/ "El rey del pueblo" ( Ju Cavalcante e Thais Borges)/ "Matzeiva Juliano Mer-khamis" (Silvio Tendler)/ "Pregadores" (Leonardo Kopke e Cavi Borges)  - CineSesc

17h - Curtas do bloco Origem e Deslocamentos: "Cellphone" (Daniel Lisboa)/ "Turismo de guerra" (Felipe Ivanicska)/ "Entrevãos" (Luísa Caetano)/ "Mancha de dendê não sai" (Felipe Barros) - CineSesc

19h - Curtas do bloco Núcleos e Nichos: "Corte seco" ( Matheus Vianna)/ "Cores e Botas" (Juliana Vicente)/ "Mostra-me" (Camilo Bianchini Cassoli)/ "A inventariante" (Patrícia Francisco) - CineSesc

20h - Curtas do bloco Lugar do Corpo: "Uma" (Alexandre Barcelos )/ "Preservativo" (Filipe Matzembacher, Márcio Reolon e Samuel Telles )/ "Irene" (Patrícia Galucci e Victor Nascimento)/ "Oma" (Michael Wahrmann) - Matilha Cultural

25/06 - domingo

14h - Cerimônia de premiação e Show do Criolo. Nesta quarta edição do ENTRETODOS, o talentoso compositor de composições contundentes e letras bem construídas traz versos habilidosos como MC sem necessariamente usar rimas. Prefere vocais que surpreendem pela beleza e versatilidade.Paulistano nascido em Santo Amaro e Criado no Grajaú, Criolo mistura agressividade, humor e delicadeza para criar o aguardado trabalho "Nó na Orelha", compondo e entoando gêneros diversos como samba, afrobeat, bolero, reggae, rap e romântico - Parque da Aclimação

Endereços:

CineSesc - Rua Augusta, 2075 - Cerqueira César

Matilha Cultural - Rua Rego Freitas, 542 - República

Parque da Aclimação - Rua Muniz de Souza 1119 - Aclimação

Fichas técnicas dos curtas da mostra competitivas 

Curtas que expressam questões relacionadas às correntes migratórias, fronteiras geográficas, étnicas, sociais, econômicas e Identidade.

CELLPHONE - Direção: Daniel Lisboa/ Ano: 2011/ Duração: 15'/ Captação: HDV/ Fotografia: Fábio Rocha/ Som: Napoleão Cunha/ Edição: -/ Elenco: -/ Sinopse: Celulares aos milhares, aos milhões. Aparelhos, linhas, operadoras, números, usuários. Nem a cidade nem o homem são capazes de viver sem suas próteses comunicacionais. Cellphone é uma intervenção no universo das ondas telefônicas invisíveis. Adentrando essas frequências, aproveitando sua vulnerabilidade, criamos outros sentidos, outras narrativas, um lugar ficcional, performático, inserido na comunicação.

TURISMO DE GUERRA - Direção: Felipe Ivanicska/ Ano: 2011/ Duração: 8'/ Captação: HD 1280×720 (1.0) 30fps/ Fotografia: Felipe Ivanicska/ Som: Felipe Ivanicska/ Edição: Felipe Ivanicska/ Elenco: Felipe Ivanicska - o próprio; Cameron Barnes - o próprio/ Sinopse: Dois amigos conversam sobre uma viagem na Palestina. Um está no Brasil e outro nos EUA, já em casa. Eles reveem as imagens que lá fizeram e falam tranquilamente sobre guerras, preconceitos, apartheid, revolução árabe e apropriações israelenses.

ENTREVÃOS - Direção: Luísa Caetano/ Ano: 2010/ Captação: HDV/ Fotografia: Elias Guerra e Carol Matias/ Som: Renato Teles/ Edição: Luísa Caetano e Elias Guerra/ Elenco: -/ Sinopse: Entrevãos é um documentário etnolírico que se passa no Vão de Almas, habitado pela comunidade remanescente quilombola Kalunga, em Cavalcante (GO). Lizeni é uma menina kalunga de dez anos e é ela quem conduz nosso olhar por entre as brincadeiras de infância, o mundo adulto dos pais, a relação da família com a cidade mais próxima, além de nos revelar sonhos em contraposição à realidade do cotidiano em família. 

MANCHA DE DENDÊ NÃO SAI - Direção: Felipe Barros/ Ano: 2011/ Duração: 16'/ Captação: mini dv/ Fotografia: Felipe Barros/ Som: Felipe Barros/ Edição: Felipe Barros/ Elenco: Diálogos: Antonio Vanderley, Paulo Roberto, Neguinho, Jó, Mau, Picoleishion, Gina, João e Edson/ Sinopse: Documentário e cinema. Até onde vai a ficção e a autobiografia? Uma identidade marcada, bem localizada de uma terra, sem medo de expor suas adversidades e opiniões de mundo.

 

Curtas que tratam da espiritualidade, do pensamento metafísico, do espírito, das questões de paz e da religião

OLHO DE BOI - Direção: Diego Lisboa/ Ano: 2011/ Duração: 17'45"/ Captação: HD/ Fotografia: Pedro Semanovschi/ Som: Weider Regis, Napoleão Cunha/ Edição: Bau Carvalho/ Elenco: Adailson Dias - Junca Claudia Kiya - Gueixa Carlinhos Brown - Preto Velho Evandro Silva - Eziel Claudia di Moura - Derci Lais Rocha - Menina da Escola Alef Souza - Dadinho Erico Brás - Antero David Conceição - Menino mais velho 01 Elielson Santos - Menino mais velho 02 Evaldo Silva - Menino mais velho 03 Robert Macaco (Alê) Claudio Nyach (Abidal)/ Sinopse: Juca quer ir para a escola com seu sapato novo, mas para isso terá que enfrentar seu pai, os meninos mais velhos da rua e a sua própria fé.

PREGADORES - Direção: Leonardo Kopke - Cavi Borges/ Ano: 2011/ Duração: 7'/ Captação: HDCam/ Fotografia: Daniel Ribeiro - Leonardo Kopke/ Som: -/ Edição: Daniel Ribeiro - Stephanie Serrat/ Elenco: -/ Sinopse: E disse Jesus a seus discípulos: ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.

MATZEIVA JULIANO MER-KHAMIS- Direção: Silvio Tendler/ Ano: 2011/ Duração: 5'/ Captação: DV/ Fotografia: Ecatherina Brasileiro/ Som: Shlomo Azaria/ Elenco: -/ Sinopse: Matzeiva Juliano é uma lápide eletrônica em homenagem ao ator anticonformista e pacifista libertário, Juliano Mer-Khamis, que pagou com a vida por sua luta por direitos iguais para palestinos e judeus

 

EL REY DEL PUEBLO - Direção: Ju Cavalcante e Thais Borges/ Ano: 2010/ Duração: 2010/ Duração: 11'/ Captação: HDV/ Fotografia: Mayangdi Inzaulgarat/ Som: Efrén Bravo/ Edição: Joanna Monteiro/ Elenco: -/ Sinopse: Em Cuba, uma comunidade negra luta para manter viva sua tradição religiosa. Inicialmente perseguidas pelos espanhóis, e depois reprimidas pela revolução de 1959, as religiões afrocubanas se ocultaram atrás de elementos do catolicismo e do espiritismo. Assim surgiu o Santo Antonio do povoado de Quiebra Hacha, entidade de nome católico e origem congolesa. A história do "Rey del Pueblo" é um relato sobre o sincretismo, fé e identidade. E é, sobretudo, a voz de descendentes de escravos que tentam fazer com que sua religião singular seja reconhecida como patrimônio cultural do país.

Curtas que expressam o universo em torno do indivíduo, a família, a comunidade e o meio ambiente

CORTE SECO - Direção: Matheus Vianna/ Ano: 2011/ Duração: 14'/ Captação: HD/ Fotografia: Daniel Carvalho/ Som: Claudio Santos/ Edição: Matheus Vianna/ Elenco: -/ Sinopse: Da folha à fibra, das mãos às máquinas. As etapas de um ciclo.

A INVENTARIANTE - Direção: Patrícia Francisco/ Ano: 2010/ Duração: 7'/ Captação: Fotografia digital/ Fotografia: Jaqueline Restrepo/ Som: Patrícia Francisco/ Edição: Patrícia Francisco/ Elenco: Patrícia Francisco/ Sinopse: A própria diretora escolhe e exibe 12 objetos do cotidiano de sua avó, após sua morte, para fazer um pedido de inventario.

CORES E BOTAS - Direção: Juliana Vicente/ Ano: 2011/ Duração: 15'30"/ Captação: 35mm/ Fotografia: Lucas Rached/ Som: Guilherme Pinheiro, André Soler e Ariel Schvartzman/ Edição: Daniel Grinspum, Yuri Amaral/ Elenco: Jhenifer Lauren, Dani Ornelas, Bruno Lourenço, Luciano Quirino/ Sinopse: Joana tem um sonho comum a muitas meninas dos anos 80: ser paquita. Sua família é bem sucedida e a apóia em seu sonho. Porém, Joana é negra, e nunca se viu uma paquita negra no programa da Xuxa.

MOSTRA-ME - Direção: Camilo Bianchini Cassoli/ Ano: 2010/ Duração: 13'/ Captação: celular/ Fotografia: Camilo Bianchini Cassoli/ Som: Beto Pamplona/ Edição: Camilo Bianchini Cassoli/ Elenco: Pedro Felício  e Marina Cassoli/ Sinopse: Um aficionado por cinema se desloca pela cidade de São Paulo em busca de filmes. Realizado com imagens reais captadas na mostra internacional de cinema. Entre refeições rápidas, encontros, trânsito e filas, ele reflete sobre a importância do cinema para sua vida.

Curtas que falam da saúde física e mental, das questões ligadas à sexualidade e ao bem estar

UMA - Direção: Alexandre Barcelos/ Ano: 2011/ Duração: 14'/ Captação: full hd, 16 MM E SUPER8/ Fotografia: Alexandre Barcelos, Tiago Rossmann, Francisco Neto e Reinaldo Guedes/ Som: Arthur Navarro e Huemerson Leal/ Edição: Alexandre Barcelos, Felipe Mattar e Reinaldo Guedes/ Elenco: Raphael Gaspar e Zulmario Tebaldi/ Sinopse: Visão do planeta Terra como um macroorganismo vivo. Assim como células, o homem participa desta rede energética pelo equilíbrio de um imenso sistema.

PRESERVATIVO - Direção: Filipe Matzembacher, Márcio Reolon e Samuel Telles/ Ano: 2010/ Duração: 5'/ Captação: HD/ Fotografia: Samuel Telles/ Som: Filipe Matzembacher, Márcio Reolon e Samuel Telles/ Edição: Filipe Matzembacher, Márcio Reolon e Samuel Telles/ Elenco: -/ Sinopse: Uma garota de programa, uma vendedora de sexshop e um adolescente virgem narram - enquanto assistimos à fabricação de um preservativo - sua relação com o ato sexual.

OMA - Direção: Michael Wahrmann/ Ano: 2011/ Duração: 20'/ Captação: Vídeo/ Fotografia: Michael Wahrmann/ Som: Michael Wahrmann/ Edição: Michael Wahrmann/ Elenco: Gerda Guenwald wahrmann, Tomas Wahrmann, Daniel Wahrmann e Norma/ Sinopse: Ela fala alemão. Eu falo espanhol. Ela não escuta. Eu não entendo.

IRENE - Direção: Patricia Galucci e Victor Nascimento/ Ano: 2011/ Duração: 15'/ Captação: 16mm/ Fotografia: Pepe Mendes/ Som: Silvio Grion/ Edição: Emilia Aidar/ Elenco: Ina de Carvalho, Bia Paganine, Sofia Sampaio/ Sinopse: Irene é uma senhora que vive reclusa numa casa de campo. Quando sua neta decide aparecer inesperadamente para uma visita junto com sua amiga, a reclusão de Irene é perturbada e ela começa a reviver sentimentos que pareciam esquecidos.

COT - COTIDIANO

Curtas que tratam das questões relacionadas ao trabalho, à educação e à noção de cidadania

TEMPERAMENTAL - Direção: Rodrigo Sousa & Sousa/ Ano: 2010/ Duração: 10'/ Captação: Super 8 e HDV/ Roteiro: -/ Fotografia: Rodrigo Sousa & Sousa/ Som: Rodrigo Sousa & Sousa/ Edição: Rodrigo Sousa & Sousa/ Elenco: Nilson Castor e Rhafael Oliveira/ Sinopse: Filme-Poema aborda a situação dos moradores de rua na capital paulista. Doc-fic experimental, onde dois atores passam desapercebidos por moradores de rua entre transeuntes.

SUCATA DE PLÁSTICO - Direção: Nigéria Filmes/ Ano: 2011/ Duração: 7'/ Captação: HDV/ Fotografia: Bruno Xavier/ Som: Bruno Xavier e Yargo Gurjão/ Edição: Yargo Gurjão/ Elenco: -/ Sinopse: O veneno invisível dos agrotóxicos se revela de forma subjetiva na prática diária da pequena usina de reciclagem de Quixeré, no Interior do Ceará.

SINAL FECHADO - Direção: Isaac Chueke/ Ano: 2010/ Duração: 17'/ Captação: mini-dv/ Fotografia: Isaac Chueke/ Som: Isaac Chueke/ Edição: Isaac Chueke/ Elenco: Entrevistadores: Alexandre Obraczka & Samir Abujamra/ Sinopse: Um sinal fechado numa movimentada avenida da cidade do Rio de Janeiro. As artimanhas de vendedores ambulantes que fazem de um pedaço de rua palco para venda de seus produtos.

OUTLET - Direção: Isaac Donato/ Ano: 2010/ Duração: 7'28"/ Captação: mini-dv/ Fotografia: Rogério Teles/ Som: Rogério Teles/ Edição: Rogério Teles/ Elenco: Márcia Ganem, Hamilton Borges, Claudenice Mayo, Ana Cláudia Ferreira, Jamil Moreira Castro, Rosa Ousa e Eudaldo Filho/ Sinopse: "Outlet" faz um retrato do sistema prisional brasileiro num paralelo com a indústria do consumo.

A DAMA DO PEIXOTO - Direção: Allan Ribeiro e Douglas Soares/ Ano: 2011/ Duração: 11'/ Captação: 35 mm - hdcam/ Fotografia: Bia Marques/ Som: Allan Ribeiro/ Edição: Allan Ribeiro e Douglas Soares/ Elenco: -/ Sinopse: Ela está aqui, ela está ali, e os invisíveis são outros.

Fichas técnicas dos curtas infantis

 

ESAÚ, O CATADOR DE HISTÓRIAS - Direção: André Dias/ Ano: 2011/ Duração: 10'/ Captação: Scanner/ Fotografia: Ricardo Felipe Dias Araujo/ Som: Ewelter Rocha/ Edição: Elton Vilar/ Sinopse: Garoto catador de lixo, enquanto todos dormem em sua casa, embarca em uma fantástica aventura acompanhado de um boneco sem braço que encontrou na rua e na ocasião ganha vida. 

 

A CONQUISTA DO ESPAÇO - Direção: Chico Deniz/ Ano: 2010/ Duração: 16'/ Captação: 35mm/ Fotografia: Alberto La Salvia/ Som: Mateus Karasek e André Sittoni/ Edição: Chico Deniz/ Elenco: Iuri Timponi Muller, Márcia Ohlson, Henrique Castanheira dos Santos e Débora Rodriges/ Sinopse: O filme apresenta o ponto de vista de uma criança de seis anos que vive numa capital brasileira uma rotina de compromissos em ambientes isolados. Na escola, no carro ou no apartamento onde mora, Gabriel assiste por trás de sistemas de proteção uma realidade próxima o suficiente para ser percebida, mas distante demais para ser explorada. O espaço urbano é proibido do lado de fora das portas e grades. A Conquista do Espaço é uma expressão assumidamente clichê, muito utilizada na ficção científica e em atlas escolares, que aqui é emprestada ao drama moderno de sonhar com realidades excitantes e viver uma escassa liberdade. Neste contexto, a programação infantil de televisão é oferecida como opção, não de lazer, mas de êxtase e fuga. A imaginação da criança busca um antídoto para o choque de perceber que as naves espaciais e as viagens ao limiar do espaço nada mais são do que promessas de um mundo adulto irrealizável.

 

A FÁBULA DA CORRUPÇÃO - Direção: Lisandro Santos/ Ano: 2010/ Duração: 8'/ Captação: HD/ Fotografia: -/ Som: Fabrício Licks/ Edição: Guto Bozzetti/ Elenco: Carlos Cunha/ Sinopse: Em um armazém de beira de estrada, um homem vive em paz com seus animais de estimação: o cão vigia a casa, o gato caça os ratos e o jumento é o meio de transporte. No porão da casa habitam vários ratos que vivem roubando comida em quantidades tão pequenas que não prejudicam o negócio, mas a chegada de um rato estranho acaba com a harmonia do mercadinho.

 

A ILHA DE CACHALOTE - Direção: Christian Mariano/ Ano: 2011/ Duração: 20'/ Captação: MiniDV/ Fotografia: Piva Barreto/ Som: Leo Bittencourt/ Edição: Christian Mariano e Uttara Arpana/ Elenco: Waldir Nogueira, Christian Mariano Dartangan/ Sinopse: Solidão. Amizade. Esperança. Dois náufragos a espera de uma solução para suas vidas.

 

DE ONDE VEM A ÁGUA DO RIO? - Direção: Mateus di Mambro/ Ano: 2011/ Duração: 3'/ Captação: digital/ Fotografia: -/ Som: Jalver Bethônico/ Edição: Mateus di Mambro/ Elenco: Ainda Velloso Bethônico (narração)/ Sinopse: De forma lúdica, o vídeo oferece uma resposta científica a uma curiosidade bastante simples de uma criança: "de onde vem a água do rio?"

 

NAIÁ E A LUA - Direção: Leandro Tadashi/ Ano: 2010/ Duração: 13'/ Captação: HDV/ Fotografia: Thaisa Oliveira/ Som: Guile Martins/ Edição: Thaís Bologna/ Elenco: Liviane Arã Mirim de Lima (Naiá) e Brandina Benites Guarani (anciã)/ Sinopse: A jovem índia Naiá se apaixona pela lua ao ouvir da anciã de sua aldeia a história do surgimento das estrelas no céu.

 

Matilha Cultural

Rua Rego Freitas, 542 – São Paulo

Tel.: (11) 3256-2636

Horários de funcionamento: terça-feira a sábado, das 12h às 20h

Wi-fi grátis

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247