Diretor de filme sobre Olavo de Carvalho diz que foi sondado para ser secretário adjunto da Cultura

O cineasta Josias Teófilo confirmou que foi sondado para ser o novo secretário adjunto da Cultura. "Eu concordei em ir se for convidado oficialmente. Mas ainda falta o convite oficial, ainda precisa ver lá dentro, a própria Regina Duarte ainda precisa aceitar o convite para ser secretária especial da Cultura", afirmou

Olavo de Carvalho e Josias Teófilo
Olavo de Carvalho e Josias Teófilo (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O cineasta Josias Teófilo confirmou que foi sondado para ser o novo secretário adjunto da Cultura, substituindo José Paulo Soares Martins, exonerado nesta quarta-feira (22). Teófilo dirigiu o documentário "O jardim das aflições", que aborda a rotina do ideólogo Olavo de Carvalho no interior da Virgínia, nos Estados Unidos.

"Fui sondado por gente do governo. Eu concordei em ir se for convidado oficialmente. Mas ainda falta o convite oficial, ainda precisa ver lá dentro, a própria Regina Duarte ainda precisa aceitar o convite para ser secretária especial da Cultura", afirmou Teófilo em entrevista ao jornal O Globo.

"Eu acho que o governo e a classe artística podem se entender. A Regina está com um discurso pacificador. É a melhor coisa que se pode fazer no atual momento. Regina é uma artista, uma pessoa sensível, reconhece a necessidade do diálogo para um entendimento maior. Isso é muito bom. O próprio presidente parece gostar muito dela, está muito reverente a ela", acrescentou.



O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247