"Faleceu em meus braços", diz filha de Arnaldo Saccomani sobre a morte do pai

"Estava com ele. Faleceu em meus braços. Nesse momento, eu estava cantando uma música que fizemos juntos", afirmou a cantora Thais Saccomani após a morte do seu pai, o produtor musical Arnaldo Saccomani

Arnaldo Saccomani e a filha Thais
Arnaldo Saccomani e a filha Thais (Foto: Reprodução/Instagram)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A cantora Thais Saccomani homenageou o seu pai, Arnaldo Saccomani, produtor musical que faleceu na madrugada desta quinta-feira (27). Ele sofria de insuficiência renal e diabetes.

"Estava com ele. Faleceu em meus braços. Nesse momento, eu estava cantando uma música que fizemos juntos", disse ela para o site "Quem", do Grupo Globo. 

Segundo outra filha dele, Julia Saccomani, o pai teve "uma passagem tranquila com todos os familiares em casa".

O produtor começou a carreira na década de 60. Produziu ao longo de sua trajetória artistas como Tim Maia (1942-1999), Rita Lee, Fábio Jr. e Ronnie Von. Nos anos 2000 foi compositor de grupos de pagode, como Os Travessos e Pixote.

O artista estava em seu sítio em Indaiatuba, no interior de São Paulo. Ele deixa a mulher e duas filhas.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247