Filha de Olavo de Carvalho lança livro sobre o guru de Bolsonaro: “preciso mostrar esse lado que ninguém conhece”

Filha de Olavo de Carvalho, guru do clã-Bolsonaro, Heloísa de Carvalho conversou com a TV 247 sobre seu livro, 'Meu pai, o Guru do Presidente – a face ainda oculta de Olavo de Carvalho', e contou histórias que o filósofo tenta esconder. “Eu amo meu pai, eu amo meu pai, é óbvio. Mas desde quando amar é se calar diante de uma pessoa que está causando todo esse estrago que estamos vendo?”, disse Heloísa. Assista

Olavo de Carvalho e Heloísa de Carvalho
Olavo de Carvalho e Heloísa de Carvalho (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Heloísa de Carvalho, filha do filósofo, astrólogo e guru do clã Bolsonaro, Olavo de Carvalho, lança no início de 2020 um livro em parceria com o filósofo Henry Bugalho para contar as histórias que seu pai tenta esconder. A obra 'Meu pai, o Guru do Presidente – a face ainda oculta de Olavo de Carvalho' será lançada pela parceria da Editora 247 com a Kotter Editorial e já está em pré-venda. “Eu preciso mostrar esse lado do Olavo que ninguém conhece, e que quem conhece não fala”, disse Heloísa em entrevista à TV 247.

A obra é dividida em capítulos que contam diversas histórias da vida familiar de Olavo de Carvalho. Dentre elas, está a passagem que trata da tentativa de suicídio da mãe e da perversidade de Olavo que, em meio ao choque que é ver a mãe com os pulsos cortados em uma banheira, exigiu que os filhos assistissem à cena e ainda disparou: “virem homens”.

“Pega um período da minha infância. É a passagem relatando o suicídio da minha mãe, que envolve também outras histórias também. É basicamente isso, mostrando a personalidade daquele pai que não preserva de maneira alguma a saúde mental dos filhos. A própria tentativa de suicídio da minha mãe já foi uma agressão mental e física para as crianças, eu tinha por volta de 10 anos”.

“Nós éramos crianças, ficaram três crianças sem casa, jogadas no fundo do quintal de uma escola de astrologia, dormindo em colchão no chão, comendo macarrão instantâneo. Ele podia ter poupado e não poupou, ele achou que mostrando a mãe na camisa de força, totalmente desmaiada, ensanguentada, toda molhada, achou que mostrando aquela cena eles poderiam virar homens: ‘olhem isso e virem homens. Cresçam com a desgraça’”, contou Heloísa.

Apesar do grande número de traumas que acumula, Heloísa afirma ainda amar Olavo de Carvalho. Ela disse que não combateria seu pai se ele não tivesse tanta influência no governo do país e se não provocasse tanta destruição. “Eu amo meu pai, eu amo meu pai, é óbvio. Mas desde quando amar é se calar diante de uma pessoa que é uma personalidade pública, que tem uma influência enorme hoje no governo do país e que está causando todo esse estrago que estamos vendo? Não é raiva, a questão é toda essa influência, se ele não tivesse [influência] pode ter certeza de que não teria carta aberta, não teria livro, não teria tudo o que eu falo em Facebook”.

Inscreva-se na TV 247 e assista à entrevista na íntegra:

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247