Fundadora da EBC, Tereza Cruvinel aplaude protesto de Pedro Cardoso

Uma das fundadoras da EBC, a jornalista Tereza Cruvinel, colunista do 247, elogiou no Twitter a atitude do ator Pedro Cardoso, que ontem abandonou o programa Sem Censura em apoio aos trabalhadores que estão em greve na rede pública de comunicação; "Atitudes como a de Pedro Cardoso é que estão faltando no Brasil.  Rasgou a ferida sem perder a ternura", disse a jornalista

Uma das fundadoras da EBC, a jornalista Tereza Cruvinel, colunista do 247, elogiou no Twitter a atitude do ator Pedro Cardoso, que ontem abandonou o programa Sem Censura em apoio aos trabalhadores que estão em greve na rede pública de comunicação; "Atitudes como a de Pedro Cardoso é que estão faltando no Brasil.  Rasgou a ferida sem perder a ternura", disse a jornalista
Uma das fundadoras da EBC, a jornalista Tereza Cruvinel, colunista do 247, elogiou no Twitter a atitude do ator Pedro Cardoso, que ontem abandonou o programa Sem Censura em apoio aos trabalhadores que estão em greve na rede pública de comunicação; "Atitudes como a de Pedro Cardoso é que estão faltando no Brasil.  Rasgou a ferida sem perder a ternura", disse a jornalista (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A jornalista Tereza Cruvinel, uma das fundadoras da EBC (Empresa Brasil de Comunicação), usou o Twitter para elogiar a atitude do ator Pedro Cardoso, que abandonou, ao vivo, o programa Sem Censura em apoio aos trabalhadores da instituição, que estão em greve.

Após um discurso indignado, Cardoso anunciou que não dará mais nenhuma entrevista à EBC e se retirou do programa Sem Censura, no qual participava como entrevistado. Ele disse aos outros participantes do programa ter "imenso respeito" por eles e pediu desculpas.

"Eu não participo de programa com a empresa estando em greve. Eu não estou a par, mas eu acredito que provavelmente essas pessoas estão com razão", declarou.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247