Gilberto Gil condena racismo contra Vini Jr. e critica omissão do Real Madrid e da Liga

"É imprescindível que se faça alguma coisa", declarou Gil

Gilberto Gil
Gilberto Gil (Foto: Divulgação/Fernando Young)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Gilberto Gil, ícone da música brasileira, expressou profunda preocupação sobre os recentes casos de racismo contra o jogador brasileiro Vini Jr. na Espanha. As declarações do músico ressaltam a necessidade urgente de mudança na conduta dos torcedores e uma ação mais decidida dos responsáveis pela liga de futebol espanhola.

"Vini Jr. não se conforma com as seguidas manifestações de racismo pelos torcedores em Majorca, em Sevilha, em Madrid, em vários lugares da Espanha", afirmou Gil, destacando que a tendência é preocupante e contraria a expectativa de acolhimento e respeito a todas as raças.

continua após o anúncio

Gil também mencionou a contínua disputa entre o jovem jogador e a atitude "confortável e intolerante" de muitos torcedores espanhóis. Ele apontou para uma omissão gritante por parte do Real Madrid, clube ao qual Vini Jr. pertence, e da La Liga, a liga espanhola de futebol. Segundo o cantor, ambas as entidades se encontram em uma posição confortável, ignorando a necessidade crítica de ação.

"Estão confortavelmente instalados nas suas posições de importância no futebol espanhol, do futebol mundial, não querem reconhecer o fato de que é imprescindível que se faça alguma coisa", declarou Gil, reforçando que é crucial desestimular atitudes racistas através da legislação.

continua após o anúncio

Gil atribuiu o tratamento que Vini Jr. tem recebido, em grande parte, ao fato de o jogador defender consistentemente sua integridade moral, esportiva e humana. Ele também enfatizou que o racismo crescente é um sinal preocupante dos tempos atuais.

"O mundo de hoje está muito difícil. O fascismo ganhou muito espaço, as pessoas não se incomodam com as consequências de atitudes racistas, fascistas, reacionárias", alertou Gil, destacando a falta de responsabilidade entre a juventude e a falta de compreensão da gravidade deste problema.

continua após o anúncio

Gil concluiu seu comentário com um tom sombrio, lembrando os perigos do racismo, do nazismo e do fascismo. Ele ressaltou que a história já havia registrado essas atrocidades, e lamentou que agora mais um fato se juntava a esse "lado terrível da humanidade". Confira:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247