Governo nomeia coronel da reserva como novo presidente da Funarte

O governo Jair Bolsonaro oficializou o coronel da reserva Lamartine Barbosa Holanda como novo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) nesta segunda-feira (04), após a exoneração de um ex-assessor de Carlos Bolsonaro do cargo

Marquise projetada por Oscar Niemeyer na sede da Funarte em Brasília
Marquise projetada por Oscar Niemeyer na sede da Funarte em Brasília (Foto: Funarte/Lívio Avelino)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo federal oficializou o coronel da reserva Lamartine Barbosa Holanda como novo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) nesta segunda-feira (04). A nomeação foi assinada pelo ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto, e publicada no Diário Oficial da União.

Barbosa Holanda é coronel da reserva. Atuou no 26° Batalhão de Infantaria Paraquedista do Exército Brasileiro. É a sexta troca na presidência da Funarte desde o início do mandato de Jair Bolsonaro.

Antecessor do coronel, Luciano da Silva Barbosa Querido assumiu a Funarte em julho e foi exonerado do cargo. Ele é ex-assessor de Carlos Bolsonaro na Câmara dos Vereadores, entre 2002 e 2017. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247