Guia de bares em São Paulo onde respeito e democracia estão no cardápio

Com tantas opções, não faz sentido gastar o suado dinheirinho naquele bar que não respeita as minas, gays, que tolera atitude racista, barra canto de Lula livre, de Marielle vive, que ignora direitos ou maltrata funcionário

Armazém do Campo
Armazém do Campo (Foto: Reprodução)

247 - Construído de forma colaborativa com seus leitores e amigos, a Rede Brasil Atual publicou nesta sexta-feira (13) um guia com dezenas de opções de bares na cidade de São Paulo onde se pode encontrar boas bebidas, boas comidas e – talvez o mais importante – boas conversas.

Importante: as informações descritivas foram retiradas das redes sociais e das avaliações dos frequentadores. Já os links, telefones, horários de funcionamento, especialidades e programações são de responsabilidade dos próprios estabelecimentos.

Amigo Giannotti

Fundado em 1910, o bar tem sangue italiano correndo pelas veias. A fogazza com receita da família divide o cardápio com outros pratos muito bem avaliados, como o nhoque da fortuna servido todo dia 29. O ambiente é decorado como os botecos de antigamente.
Rua Santo Antonio, 1.106, Bela Vista, (11) 3211-3256.

Aparelha Luzia

Fundado em 2016 pela “artivista” educadora e hoje deputada estadual (Psol-SP) Erica Malunguinho, o espaço é centro cultural e político de resistência negra, índia, trans, feminina, do povo da rua. Rodas de samba, mostra de filmes (fora circuito comercial) lotam o espaço, e o público é majoritariamente negro. O quilombo urbano funciona de quinta a domingo, e abre em outros dias quando necessário. O nome lembra os “aparelhos” que durante a ditadura abrigavam a militância clandestina. Luzia é o nome do fóssil mais antigo encontrado na América. Com cerca de 13 mil anos, tinha traços e fenótipos negros.
Rua Apa, 78, Centro, (11) 3467-0998.

Armazém do Campo

A loja de produtos agroecológicos, orgânicos e da agricultura familiar divide espaço com um café e um bar onde não faltam cerveja gelada nem drinques especiais, como o Lula Libre (vodka, Campari, suco de limão e melaço). Aos finais de semana, almoços preparados por chefs reconhecidos da culinária brasileira lotam a casa.
Alameda Eduardo Prado, 499, Campos Elíseos, (11) 3333-0652.

Al Janiah

O nome da casa homenageia uma vila palestina de onde foram expulsos os pais do idealizador do espaço. O ambiente político e cultural conta com bar e restaurante de culinária árabe de excelente qualidade e preço, atrações musicais e debates.
Rua Rui Barbosa, 269, Bela Vista, (11) 98701-3563.

Alvenaria Espaço Cultural Colaborativo

Ensaios, cursos, produções de foto, além de uma lojinha colaborativa e um café/bar. Tem tudo isso no espaço idealizado por Bia Toledo e Tati Bueno, gerido por mulheres e aberto para todxs, elas fazem questão de dizer. Os clientes atestam: decoração linda, comida gostosa, bar honestíssimo e atendimento nota dez. No quintal, cadeiras de praia e mesinhas. Programação cultural às terças e de quinta a domingo.
Rua Turiassu, 799, Perdizes, (11) 3871-4981.

Baderna

Com o espírito de Marietta Baderna, bailarina italiana radicada no Brasil que provocou alvoroço entre os conservadores no século 19 – e cujo sobrenome virou sinônimo de confusão –, o bar abre espaço para causas e cenas artísticas, uma casa livre e independente, aberta e acolhedora. Litrão barato, cervejas artesanais, drinques e um cardápio 100% vegano acompanham a música boa e variada.
Rua Oscar Freire, 2.529, Pinheiros, (11) 95853-2347.

Bar Amigos do Zé – BaZ

Inaugurado em 2013, na Praça Roosevelt, o bar ocupa um espaço aconchegante em uma das ruas mais boêmias do centro de São Paulo. Com a proposta de um lugar para reunir os amigos, o BaZ (pronuncia-se bazê) reúne quem curte cerveja gelada e petiscos gostosos.
Praça Franklin Roosevelt, 92, Centro, (11) 3257-5888.

Bar do Alemão

Não é qualquer bar que chega ao cinquentenário novo em folha, mantendo a linha musical, brasileiríssima, o chope sempre bem tirado e a mesma comidinha que parece feita em casa. Isso desde a fundação, em 1968, aquele ano que não acabou. No Bar do Alemão, como na vida boêmia e nos grandes amores, o melhor ainda está por acontecer. Avenida Antártica, 554, Água Branca, (11) 3862-5975.

Bar do Baixo

Um boteco para chamar de seu. No coração da Vila Madalena, um lugar onde todas as tribos se encontram e se conectam, o bar tem cerveja gelada, arte, comidinhas especiais e ótimos drinques.
Rua Girassol, 67, Vila Madalena, (11) 2893-9485.

Bar do Frango

Espaço de cultura e resistência importantíssimo na zona leste de São Paulo, o bar tem mais de trinta anos de tradição. Todo último domingo do mês (às 18h), o Sarau do Bar do Frango, recebe ótimos poetas e músicos. Boas cachaças, cervejas, frango frito e outras opções de pratos para acompanhar.
Avenida São Lucas, 479, Parque São Lucas, (11) 2345-8688.

Bar do Gê

Inaugurado em 1972 pelo seu Geraldo, está aos cuidados do filho Genildo. Um bar onde amigos se encontram para tomar cerveja gelada acompanhada por amendoim.
Rua Caetés, 509, Perdizes, (11) 2841-6447.

Bar do Gerson

Era 1989 quando as portas do bar abriram pela primeira vez. À época, eram servidos apenas lanches, porções, bebidas e caldo de mocotó, principalmente aos trabalhadores das indústrias Matarazzo, Rochester e outras pequenas empresas do bairro. Com o tempo, a mesa de bilhar deu lugar ao salão de almoço. Em ambiente descontraído, com música alegre, serve petiscos, lanches e aquela cerveja gelada.
Rua Caetano Pinto, 609, Brás, (11) 4564-9484.

Bar do Netão

Representante do movimento underground de São Paulo no início dos anos 2000, o Bar do Netão reabriu em 2016 com nova proposta que busca resgatar um espírito livre e divertido, sem rótulos nem preconceitos.
Rua Augusta, 584, Consolação, (11) 3477-6075.

Bar do Zé Batidão

O espaço recebe o Sarau da Cooperifa às terças-feiras, a partir de 19h30, organizado pelo poeta Sérgio Vaz e equipe. Também rodas de samba e várias apresentações de arte da periferia. No cardápio, salgados, feijoada, o elogiado escondidinho, cervejas e caipirinhas. Atendimento nota dez.
Rua Bartolomeu dos Santos, 797, Jardim Leticia, (11) 2737-8274.

Bar Estrela da Matriz

Ambiente aconchegante e familiar, possui dois ambientes com mesas internas e externas e grande variedade de cervejas nacionais e importadas, caipirinhas e chope servido na temperatura ideal. O cardápio tem ainda elogiados petiscos e porções.
Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, Freguesia do Ó, (11) 2372-4081.

Veja na íntegra no site da RBA

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247